Morreu Ángel Nieto, Campeão do Mundo de Motociclismo 12+1 vezes

O piloto de 70 anos não resistiu ao acidente que sofreu no passado dia 26 de Julho, aos comandos da sua Moto 4, em Ibiza, onde morava há já vários anos. Foi abalroado por uma condutora e, como consequência, foi projectado do seu veículo, daí resultando ferimentos graves na cabeça.

Na sequência do acidente, o antigo piloto foi transportado de emergência para a clínica Neutra Señora do Rosário, onde foi submetido de emergência a uma operação cirúrgica que durou duas horas.

A declaração oficial da referida instituição referia que Nieto se encontrava em estado grave, mas não crítico.

Durante esta semana tudo parecia correr pelo melhor, mas ontem a situação mudou e Nieto deixou de reponder aos tratamentos. Nesta madrugada, o seu estado passou a ser crítico e o lendário piloto acabou por não resistir.

Nieto, cuja alcunha no tempo das corridas era “El Niño”, nasceu em Zamora, a 25 de Janeiro de 1947, sendo conhecido também pela sua superstição relativamente ao número treze. Por esse motivo, apresentava-se sempre como o campeão dos 12+1 títulos mundiais. Para além destes, foi por 21 vezes campeão espanhol, nas categorias de 50, 125 e 250 cc.

Destacou-se nos campeonatos do mundo de baixa cilindrada, com sete títulos na categoria de 50cc e seis nas 125cc.

As suas primeiras vitórias chegaram em 1969 e deu por concluída a sua carreira desportiva em 1986.

Pai dos pilotos Angel Nieto Júnior, Pablo Nieto e Hugo Nieto e sobrinho de Fonsi Nieto, Ángel Nieto é considerado o melhor e mais importante piloto de motos espanhol.

Até 2016, comentou regularmente as provas de motociclismo para diversos canais de televisão em Espanha.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.