Um Ferrari de 1959 a viver dentro de casa há 30 anos

Já vimos automóveis descobertos nos mais diversos locais, desde armazéns a garagens, de celeiros a minas abandonadas, mas esta história leva-nos para um novo nível: um fantástico Ferrari 250 GT PF Coupe de 1959 que esteve dentro de uma sala de estar durante nada mais, nada menos que três décadas!

Aparentemente o automóvel trocou de mãos em 1975, tendo sido usado pelo seu novo dono durante oito anos, até que este decidiu que o automóvel precisava de ser restaurado. Foi nessa altura que se deparou com um problema: onde é que ia arranjar um espaço para poder restaurar um Ferrari no meio de uma zona problemática de Hollywood? Nada mais seguro que o seu próprio apartamento, mais anda se este for dono do prédio. Decidido o local para fazer a sua mecânica, o dono do Ferrari “cortou” uma parte da parede, para que esta pudesse ser colocada de novo sem o corte ficar visível quando a mesma fosse fechada, colocou o automóvel dentro de casa, e lançou as mãos à obra. Tudo isto sem sequer esvaziar o seu apartamento, ficando assim esta obra de arte italiana apertada entre paredes e cercada de móveis.

O restauro começou, o dono do automóvel foi comprando inúmeras peças, recuperando outras, como cromados e até mandou reconstruir o motor do Ferrari. Existe mesmo uma caixa de 15 cm cheia de documentação de todo o trabalho feito. Infelizmente, o restauro parou no início dos anos 90.

Passados alguns anos, o dono do automóvel, que ia falando do automóvel, em tom de lenda, ao seu advogado, acabou por mostrá-lo, e este nem queria acreditar. Depois de muita insistência, o advogado acabou por comprá-lo em Abril do ano passado para poder acabar o restauro e voltar a trazer o Ferrari… para a rua.

Salvador Patrício Gouveia

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.