MIT e Lamborghini apostam nos supercarros do futuro

O Massachusetts Institute of Technology (MIT) e a Lamborghini estabeleceram uma parceria com o objectivo de desenvolver futuros superdesportivos da marca italiana o mais rapidamente possível, aplicando para isso o conhecimento de alunos de conceituados estabelecimentos de ensino da América do Norte.

Os mais de 50 alunos vão trabalhar em estreita colaboração com engenheiros da marca detida pelo grupo Volkswagen.

Com esta parceria, a Lamborghini tenciona alcançar meritórios avanços no campo do desenvolvimento, bem como a redução de custos na produção de materiais compósitos superleves, como por exemplo a fibra de carbono.

A cooperação entre a Lamborghini e o MIT abrange igualmente o desenvolvimento de novas soluções de motorização híbrida. Para a Lamborghini é uma aposta com todo o sentido, uma vez que existe a previsão de que a legislação alemã de abolição de automóveis com motor de combustão interna em 2030 seja alargada a todo o espaço europeu.

A aposta na electrificação trará índices de aceleração muito superiores aos supercarros da Lamborghini, tendo em conta que os motores eléctricos debitam quantidades de binário muito elevadas desde o primeiro instante.