Moto3: Canet vence corrida de loucos que termina com bandeira vermelha

A corrida de Moto3 do GP da Grã-Bretanha voltou a ficar marcada pela intensa luta pelos lugares do pódio, numa corrida que terminou mais cedo e onde Aron Canet subiu ao lugar mais alto do pódio.

Na largada Romano Fenati (Marinelli Rivacold Snipers), saiu rápido da pole assumindo o comando da corrida com Gabriel Rodrigo (RBA BOE Racing Team), que saiu da terceira posição a surpreender Joan Mir (Leopard Racing).

A liderança de Fenati não durou muito no inicio da corrida já que Mir primeiro e depois Juanfran Guevarra (RBA BOE Racing Team), passavam pela liderança nas duas primeiras voltas, mas na entrada para a terceira, o líder do campeonato, chegaria de novo ao comando da corrida.

Com constantes trocas de pilotos no primeiro lugar, mais de uma dúzia de pilotos lutavam pelos lugares do pódio, deixando em aberto mais uma corrida intensa até ao final.

Numa corrida sem tréguas, em que o líder rapidamente descia à quarta posição em apenas uma curva, a três voltas do final Jorge Martin (Del Conca Gresini Moto3) assumiu a liderança, tentando abrir uma ligeira diferença para os seus perseguidores, mas sem o conseguir.

Contudo a duas voltas do final um acidente entre Bo Bendsneyder, (KTM) e Juanfran Guevarra, acabou por levar à amostragem da bandeira vermelha, com a decisão da direcção de corrida a por ponto final na corrida.

Com esta decisão, Aron Canet (Estrella Galicia 0,0) é o vencedor da corrida já que era o jovem espanhol que liderava à 16ª volta, com o seu companheiro de equipa Enea Bastianini a ser segundo e garantindo assim o seu primeiro pódio da temporada, enquanto Jorge Martin ocupou a terceira posição do pódio.

Já Joan Mir acabou na quinta posição na frente de Romano Fenati que foi sétimo nesta 12ª ronda do Mundial.