Alta costura para a BMW S1000 RR Turbo

199 cv até parece um valor elevado quando falamos da potência de uma moto, contudo para Steven Decaluwe, proprietário da belga Motokouture Motorcycles, a barreira dos 200 cv é verdadeiramente insuficiente para a sua última criação, uma BMW S1000RR apelidada de VDC#92/MK30, nome que rende homenagem ao piloto belga, Vick De Cooremeter, que perdeu vida há três anos.

Decaluwe transformou a BMW numa moto desportiva de alta tecnologia, dotada de muita eletrónica, com um chasis, motor e um rendimento excelente e para que nada falta montou um turbo Garrett controlado diretamente pela ECU (Unidade de controlo eletrónico).

Contudo em vez de montar o turbo num lugar visível escondeu-o entre o tanque de combustível e ar-box, alterando as entradas de ar, com a colocação de dois tubos entre os faróis dianteiros para permitir maior fluxo de ar para o motor.

Além disso esta VDC#92/MK30 viu a sua eletrónica atualizada com um novo mapa de motor de forma preencher toda curva de potência e ajustar a compressão de 9,2: 1. O resultado são uns impressionantes 296 cavalos de potência, 145 Nm de torque de 9.100 rpm e uma velocidade máxima limitada pela ECU 319 km/h.

As mudanças realizadas por Steven Decaluwe nesta BMW não se ficaram por aqui. O braço oscilante traseiro é novo,em fibra de carbono, enquanto as rodas agora são em alumínio forjado. Já o escape de série da S1000RR dá lugar a um sistema completo em de titânio. Outro dos elementos que foi trabalhado de forma artesanal neste moto da Motokouture Motorcycles é o banco com espaço para guardar toda a eletrónica da moto. O assento é cozido manualmente em couro.

Ou seja, Steven Decaluwe, preparou uma moto única, graças a uma injeção de potência no motor de 4 cilindros agora com 300 cv.

Virgilio Machado/Motosport

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.