GP da Holanda: Valentino Rossi vence corrida de loucos

Valentino Rossi (Yamaha) conquistou a vitória no GP da Holanda que teve lugar este domingo em Assen, numa prova de cortar a respiração até ao final.
Na largada, Johann Zarco (Monster Yamaha Tech3) saindo da pole, assumiu o comando da corrida trazendo atrás de si Marc Márquez (Honda), Valentino Rossi e Danilo Petrucci (OCTO Pramac Racing) que largou mal e caiu para quarto.
Os quatro primeiros rapidamente ganharam uma ligeira vantagem sobre o resto do pelotão, com Zarco a ditar as regras na frente do grupo.
A 16 voltas do final, Rossi subiu a segundo ultrapassando Marc Márquez. O italiano estava mais forte e na volta seguinte despachou-se de Zarco para tomar de assalto a liderança da corrida.
O francês respondeu e tentou atacar o nove vezes campeão do Mundo, os dois acabaram por se tocar e Zarco desceu de segundo para terceiro, com Marc Márquez a aproveitar da melhor forma o ímpeto do francês da Monster Yamaha Tech3.
Atrás dos quatro da frente, Maverick Viñales, que estava a realizar uma boa corrida, acabou por sofrer uma queda a 14 voltas do final quando estava no quinto lugar depois de ter largado da 11ª posição da grelha. Foi o primeiro abandono do espanhol da Yamaha esta temporada, acabando por o afastar da liderança do campeonato.

LER + Veja a aparatosa queda de Maverick Viñales em Assen

 

A luta entre os da frente pelos lugares do pódio estava acesa e Danillo Petrucci subia a segundo em troca com Márquez a 11 voltas do final
A oito voltas do fim da corrida surgiu a chuva que levou a direcção de prova a permitir a troca de moto, numa altura em que Andrea Dovizioso (Ducati) subiu ao quarto lugar em troca com Zarco e logo de seguida atacou Marc Márquez para a seis voltas do final passar por Petrucci e encostar atrás de Rossi.
Os da frente nenhum deles entrou nas boxes para trocar de moto ao contrario de Zarco que acabou por se afundar na classificação.
Na frente Petrucci reagiu ao ataque de Dovizioso e não demorou a recuperar o segundo lugar. A cinco voltas do final, o italiano da Pramac Racing subiu à liderança da corrida, depois de ultrapassar Rossi, numa altura em que Dovizioso comete um erro e Márquez aproveitou para subir a terceiro, acabando o italiano da Ducati por recuperar o lugar mais baixo do pódio na volta seguinte.
Estava tudo em aberto e na frente era a vez de Rossi puxar dos seus ‘galões’ e passar Petrucci, os dois tinham já uma vantagem importante para Dovizioso e Márquez para encararem as voltas finais.
As duas últimas voltas do GP da Holanda foram verdadeiramente emocionantes na luta pela vitória com os dois da frente a dobrarem vários pilotos atrasados, entre os quais Jorge Lorenzo (Ducati), com a vitória a sorrir a Rossi que realizou uma corrida de grande nível e garantiu a primeira vitória da temporada, relegando Danilo Petrucci para o segundo lugar a 0,063s de Rossi.
Já a luta pela terceira posição durou também até à última curva com Márquez e Cal Crutchlow (LCR Honda) a trocarem de posição várias vezes na última volta, depois do britânico que veio de trás ter surpreendido Dovizioso primeiro e depois o Campeão do Mundo em título.
Contudo Márquez reagiu e acabou por ser terceiro a 5,201s do vencedor, enquanto Crutchlow foi quarto a 5,234s e Dovizioso acabou por ser quinto, o que lhe permitiu com este resultado ascender à liderança do campeonato em troca com Viñales.
Nas contas do campeonato, Andrea Dovizioso é agora o líder com 115 pontos mais quatro que Maverick Viñales que mantém os 111 pontos, enquanto Valentino Rossi subiu a terceiro com 108 pontos e Marc Márquez caiu para quarto com 104 pontos.
A próxima ronda do Mundial é o GP da Alemanha a realizar já no próximo fim de semana de 2 de julho no circuito de Sachsenring.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.