Miguel Oliveira 2º no último treino livre de Moto2

A terceira e última sessão de treinos livres do Moto2 ficou marcada pelas difíceis condições do circuito de Termas de Río Hondo, pois nem estava totalmente seco ou molhado.

Como tal a atividade em pista foi na fase inicial menor do que é habitual com os pilotos a saírem aos poucos para a pista. Nesse lote esteve Miguel Oliveira, que saiu das boxes no início da sessão com pneus de chuva montados na sua KTM, mas rapidamente regressou às boxes de onde só saiu nos últimos 10 minutos. Aí já com pneus slick montados na sua moto o piloto da Red Bull KTM Ajo foi melhorando volta após volta e no final quedou-se pelo segundo posto com o registo de 1m46.290s, demonstrando que a KTM também é veloz em condições mistas, o que deixa bons indicadores para aquilo que pode vir a ser a qualificação.

Perante as condições da pista nesta sessão como é natural os tempos registados ontem não sofreram qualquer alteração pelo que Miguel Oliveira ficou com a quinta melhor marca no cômputo das três sessões realizadas . Ontem na segunda sessão do dia o piloto português obteve o crono de 1m44.498s, marca que fica a 74 milésimos do tempo registado o ano passado na sua qualificação então aos comandos da Kalex da Leopard Racing. Oliveira ficou a 0.310s do homem mais rápido nos treinos livres, Franco Morbidelli, que nesta derradeira sessão foi quarto.

Nota ainda para o bom desempenho de Lorenzo Baldassarri, que foi hoje o mais veloz em pista batendo por 0.190s Miguel Oliveira. Danny Kent também se destacou no último treino livre ao ficar com a terceira posição, mostrando que a nova Suter MMX2 também é rápida em diversas situações de aderência.

Veremos agora como evolui as condições meteorológicas e o estado da pista até ao início da qualificação, que está agendada para as 19h05, hora de Portugal Continental.