Moto2: Miguel Oliveira deseja quebrar ‘maldição’ do Sachsenring

O piloto da Red Bull KTM Ajo chega ao Grande Prémio da Alemanha, em Sachsenring, depois de ter terminado entre os cinco primeiros as últimas três provas. Miguel Oliveira quer manter a mesma bitola na última prova antes da pausa de verão e num circuito onde nos últimos anos não se tem dado muito bem, uma vez que tem como melhor resultado um quarto lugar na corrida de Moto3 em 2013.

Ainda antes da antevisão da próxima ronda, Oliveira não deixou de falar novamente sobre a corrida do GP da Holanda. “Deixámos Assen com um amargo de boca, pois penso que tínhamos potencial para ficar pelo menos no pódio. A quinta posição não foi o suficiente para que ficasse contente, mas penso a lição foi aprendida. Foi um fim de semana importante porque conseguimos novamente um bom resultado numa pista onde nunca tínhamos rodado”.

Já sobre o próximo fim de semana no traçado de Sachsenring Miguel Oliveira não escondeu estar “nas mesmas condições, pois nunca estivemos nesta pista. Parece que tal como em Assen também irá chover e quando isso aconteceu não estive confortável. O objetivo para este Grande Prémio está dentro da linha do último fim de semana e vamos lutar para estar entre as primeiras posições”.