BMWi autónomo chega em 2021

Após o foco na eletrificação, a subdivisão da marca bávara volta a mostrar-se como a ponta de lança na introdução de novas tecnologias.

A Vice-Presidente da BMW, Hildegard Wortmann, revelou a um meio de comunicação social britânico os novos planos da subdivisão da marca, a BMW i, que prepara o lançamento de um veículo totalmente autónomo em 2021. Esta responsável explicou que, tal como ocorreu com as motorizações híbridas e elétricas que do i3 e i8 se expandiram à restante gama da marca, também neste caso a divisão “i” irá ser a ponta de lança na introdução de novas tecnologias como a condução autónoma. Hildebrand destaca que “a BMW tem de momento a maior oferta de híbridos de Plug-In no mercado” e adiciona ainda que “é possível ter um Plug-In desde o Série 2 [Active Tourer] até ao Série 7”, para demonstrar como esta tecnologia se expandiu rapidamente.

Além de demonstrar assim como é importante ter uma divisão que se foca em trazer inovações para o mundo automóvel, a Vice-Presidente da BMW afirmou ainda que agora esta divisão pode focar-se em novos projetos como a condução autónoma. “Na BMW i, o “i” não significa elétricos – caso contrário seria “e” – pois o “i” é para inovação e incubação [de ideias]. Sempre dissemos que a primeira geração BMW i se focaria na função incubadora da mobilidade elétrica, mas a BMW i vai evoluir e veremos isso no carro de 2021”. E nessa altura a função incubadora desta divisão irá avançar para novos campos, indicou ainda Hildebrand, que recordou que “quando lançámos a BMW i, o foco estava nos elétricos. Agora é a tecnologia autónoma, mas depois disso o foco irá mudar”.

Nuno Fatela/Turbo