Híbridos de 48V podem substituir pequenos diesel

Numa mudança de paradigma forçada pelos limites de emissões, a explicação sobre o funcionamento dos sistemas híbridos de 48V pode ser encontrada neste artigo.

Frank Welsh, o responsável de Pesquisa e Desenvolvimento da Volkswagen, afirmou que os motores diesel mais pequenos podem vir a ser descontinuados, sendo substituídos por motorizações híbridas a gasolina com sistemas elétricos de 48 volts. Uma tecnologia já explicado no site da Turbo, a razão para esta mudança está nos cada vez mais restritivos e exigentes limites de emissões, que vão continuar a descer e passar a ser calculados com um novo ciclo WLTP mais próximo das condições reais de utilização.

Welsh recordou que “hoje em dia os diesel são mais caros e a distância (de preço) vai continuar a crescer com normas mais duras”. Reconhecendo que “de momento existem muitos consumidores para veículos diesel como o Polo”, o responsável de Pesquisa e Desenvolvimento da Volkswagen diz que com a subida de preços prevista esta realidade pode não durar para sempre. A solução passa pela implementação dos sistemas híbridos de 48 volts, pois Frank Welsh considera que eles “oferecem melhor recuperação de energia e start&stop praticamente silencioso, pelo que não sentimos o motor a desligar e a arrancar. Com o cruise control, conseguem-se poupanças entre 6g e 8g/km de CO2 em condições reais de utilização”.