Lotus Exige Race 380 chega para dominar as pistas

Nuno Fatela
Nuno Fatela
Jornalista

A nova aposta da Lotus para o mundo da competição, que debita 375CV e 410 Nm, é o Exige mais veloz de sempre na pista de Hethel.

A Lotus deu a conhecer o “irmão para as pistas do Exige 380 Sport”, modelo que se destaca pelo peso inferior a uma tonelada (998kg) que, em conjunto com a potência de 375CV e o binário de 410Nm debitados por um V6 3,5L sobrealimentado, garantem uma relação peso/potência sem rival da sua classe, segundo indica a marca. Todo este poder de fogo é canalizado através de uma transmissão sequencial de seis velocidades XTRAC, que conta com patilhas em carbono no volante e permite cumprir a aceleração até aos 100km/h em apenas 3,2 segundos e completar uma volta ao traçado de Hethel em 1:23.5, o que significa o melhor tempo de sempre para um Exige na pista de testes da Lotus. Além da transmissão, também a suspensão, aerodinâmica e sistemas elétricos foram revistos, e o modelo ganha um sistema de escape em titânio, que permite retirar mais 10kg de peso ao eixo traseiro.

A estética do modelo também demonstra a sua aptidão para as pistas, com os novos apêndices aerodinâmicos no para-choques dianteiro, o novo para-choques traseiro com difusor integrado e a asa traseira de generosas dimensões a aliarem-se para que o Exige Race 380 consiga gerar 240kg de downforce a 270km/h. O interior ganha uma roll cage e os bancos em carbono homologados pela FIA, compatíveis com o sistema Hans e que seguram o piloto com cintos de segurança de seis pontos. Existe ainda um sistema de extinção de incêndios e, para reduzir ao máximo o peso, foram ainda adicionadas janelas em policarbonato. Para maior personalização, será possível optar entre diversas configurações para a apresentação das imagens no painel de instrumentos TFT. A Lotus recorda ainda que o Exige Race 380, como outros modelos de competição da marca, não tem airbags e vê os grupos óticos substituídos por compartimentos pintados a preto mate.