Opel desvenda o CrossLand X

Esta é a segunda aposta da Opel destinada aos clientes de Crossovers e SUVS do Segmento B, e procura aliar dimensões exteriores compactas com um interior generoso para se adaptar na perfeição ao trânsito citadino..

a carregar vídeo

Após um primeiro teaser desvendado no início da semana, foram agora dadas a conhecer pela Opel as primeiras imagens e vídeo do CrossLand X, modelo que se junta ao Mokka X na gama de Crossovers e SUVS do fabricante germânico destinados ao segmento B. No entanto, ao contrário deste modelo revelado no final do último ano, o novo Crossland X está vocacionado primordialmente ao trânsito urbano, já que pelo facto de contar com versões de tração integral o Mokka X está mais apto a incursões aventureiras em terrenos fora-de-estrada. Procurando aliar dimensões exteriores compactas a um interior de áreas generosas, a marca destacaa forma como os seus CUV/SUV para o segmento B tentam aliar o melhor de dois mundos, oferecendo “automóveis com design moderno, com virtudes SUV, e, simultaneamente, atributos plenamente ajustados ao atual modo de vida na cidades”.

Com 4,21m de comprimento, 1,76m de largura e 1,59m de altura, a marca destaca a introdução dos códigos estilísticos da marca no novo CrossLand X, que conta com elementos de design transversais aos modelos da Opel como a grelha saliente e a iluminação AFL com LEDS e iluminação diurna em formato “dupla asa” na dianteira. Contando com proteções na secção inferior da carroçaria adornadas com acabamentos cromados, a frente é dominada por linhas horizontais, que visam enfatizar a largura do novo crossover, enquanto nas laterais é a linha de separação entre a parte superior e inferior da carroçaria, terminando com um friso descendente, que dá a sensação de que o modelo é mais comprido. Na retaguarda do Opel CrossLand X a marca destaca a introdução de um elemento icónico do segmento CUV/SUV, que é a proteção do para-choques de generosas dimensões.

Se no exterior são as dimensões compactas que pretendem surpreender, o contrário acontece no interior, com a marca a procurar dotar esta nova aposta com áreas generosas. Com o conforto potenciado pelos bancos ergonómicos AGR, é destacada a versatilidade demonstrada por soluções como o ajustamento longitudinal do banco traseiro num total de 150mm, que permite aumentar o espaço para as pernas nos lugares da retaguarda ou então alargar a bagageira dos 410L para os 520L. Dimensões que, com os bancos rebatidos, crescem para os 1255L.

Tendo em conta a sua vocação urbana, a marca enfatiza também um conjunto de tecnologias que se destacam na utilização quotidiana, como é o caso dos faróis adaptativos LED, o head-up display e duas câmaras, a traseira panorâmica de 180º e a Opel Eye na dianteira. Esta última é essencial, por exemplo, para o reconhecimento dos limites de velocidades, que se juntam a um conjunto de apoios ao condutor que inclui ainda a travagem de emergência e deteção de peões, a monitorização do cansaço do automobilista, o assistente de manutenção de faixa e o alerta de ângulo cego. Também as avançadas tecnologias do infotainment são destacadas, com o ecrã de 8’’ ao centro a poder apresentar as funcionalidades dos sistemas Radio R4.0 IntelliLink ou o mais evoluído Navi 5.0 IntelliLink. A Opel também afirma a importância da compabilidade com Android Auto e Apple Car Play, a que se junta ainda a conetividade conferida pelo sistema OnStar.

Ainda por revelar, provavelmente durante a apresentação do Opel CrossLand X marcada para 1 de fevereiro em Berlim, fica a gama de motorizações. Sobre este tema a marca apenas confirmou que o seu novo crossover urbano vai chegar ao mercado com propostas a gasolina, diesel e GPL.

 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.