Range Rover prepara Velar

Esta nova aposta pode ser revelada já no Salão de Genebra e pretende rivalizar com propostas como o Porsche Macan, o Mercedes GLE Coupé e o BMW X6.

Os meios de comunicação social britânicos estão, habitualmente, bem informados sobre as novidades que estão a ser preparadas pelos fabricantes do seu país de origem, e agora um desses órgãos, a Autocar, anunciou que a Range Rover se prepara para adicionar um novo modelo à sua gama para rivalizar com propostas como o Porsche Macan, o Mercedes GLE Coupé e o BMW X6. Este será também um SUV-Coupé de dimensões médias, que poderá ser apresentado já no próximo Salão de Genebra, em março, e que se colocará na gama da marca entre os Range Rover Evoque (chegou a ser ventilado o nome de Evoque XL) e o Range Rover Sport. Tendo em conta que este modelo será homónimo ao concept que deu origem ao Range Rover (que pode encontrar neste vídeo), caso venha a obter a mesma história deste ícone da indústria automóvel, certamente será sucesso garantido.

Utilizando a plataforma de alumínio IQ, que partilhará com o F-Pace, para obter um peso próximo dos 1800kg, o modelo será fabricado juntamente com o SUV da Jaguar e o Range Rover Sport em Solihull, a principal unidade de produção da Land Rover. E a marca tem grandes expetativas para esta nova aposta, esperando que ela ajude a elevar para níveis recorde a sua produção. A utilização desta plataforma poderá ser também um trunfo, já que deve permitir atingir níveis de habitabilidade superiores aos do rival Porsche Macan. Embora ainda não sejam conhecidas informações sobre o design exterior, espera-se que o interior para cinco ocupantes venha a destacar-se por um ambiente premium e ergonómico que conferirá grande facilidade na utilização das várias capacidades.

Surgindo sempre com tração integral, o Range Rover Velar contará também com uma generosa distância ao solo para garantir as afamadas capacidades off-road da marca. Numa primeira fase este modelo deve utilizar os motores V6 fornecidos pela Ford ao fabricante britânico, embora numa fase posterior surja equipado com os propulsores da casa, os Ingenium, de quatro e seis cilindros nas vertentes gasolina e diesel. Nos planos da marca estará também uma versão híbrida de consumos mais reduzidos e ainda uma versão de performances superiores. Esta opção de topo deverá partilhar a motorização com outro SUV desportivo da Jaguar Land Rover em preparação, o F-Pace SVR, o que pode significar uma potência próxima de 550CV extraída de um bloco V8 5.0L.

O Range Rover Velar é mais um produto destinado à oferta que segue três padrões principais da Land Rover, colocando-se no pilar do “Luxo”. Além desta vertente, a estratégia da marca contempla ainda as propostas de “Lazer”, enquanto as opções de “Dupla-Função” vão renascer em 2018 com o novo Defender.

Nuno Fatela/Turbo

Fonte: Autocar