Tesla Model S não convence Ministro do Ambiente alemão

O líder do Ministério do Ambiente alemão da Renânia do Norte-Vestfália dispensou o Tesla Model S… por autonomia insuficiente.

A Alemanha é um dos países que prontamente anunciaram o futuro abandono aos motores a diesel e a gasolina, mas os elétricos terão de vencer e convencer. Para já, o Tesla S ainda se mantém aquém das expetativas de um dos ministros do ambiente alemão no que respeita à autonomia. Johannes Remmel, que ocupa o cargo de Ministro do Ambiente do estado da Renânia do Norte-Vestfália, devolveu um Tesla Model S por considerar a autonomia do automóvel insuficiente para as suas deslocações, reporta a Automotive News, que teve acesso à informação através da Lei da Liberdade de Informação alemã.

Bastaram 43 viagens para que o Ministro se apercebesse de que o Tesla Model S não consegue dar resposta às suas necessidades. De acordo com outro responsável do Governo, apesar de o Tesla Model S tenha uma autonomia estimada de 500 km, o responsável adianta que era impossível a Johannes Remmel alcançar os 400 km num único carregamento. Foi reportado ainda que o líder do Ministério do Ambiente do estado da Renânia do Norte-Vestfália viu-se obrigado a parar durante 90 minutos para carregar 10 kWh de energia numa estação de carregamento – o que certamente complicou a agenda do Ministro.

Obviamente que não se esperaria que em condições normais o Tesla Model S conseguisse percorrer 1078 km por carregamento, ou mesmo os 900 kms feitos pelos belgas. Ainda assim, não chegar aos 400 kms é, para muitos, insuficiente…

Leia também: Tesla em 25 curiosidades

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.