Unesco reforça papel do automóvel como património

A organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura acaba de assinar uma nova cooperação com a FIVA, Federação Internacional dos Veículos Clássicos.

Voltando a confirmar o papel essencial das viaturas no desenvolvimento da sociedade moderna, como demonstrado pelo potencial de mobilidade que ofereceu em todo o planeta, a Unesco acaba de assinar uma nova parceria com a FIVA (Federation Internationale des Vehicules Ancienes), entidade internacional que se dedica à preservação da história do automóvel. O papel desta organização, alicerçado em três pilares essenciais que são a proteção, promoção e preservação dos clássicos, é agora ainda mais reconhecido por esta prestigiada entidade das Nações Unidas, como afirmou a Diretora-Geral da Unesco, Irina Bokova. “O compromisso da FIVA para com a nossa herança industrial está em linha com os esforços da Unesco neste campo, e a parceria entre as duas organizações vai indubitavelmente oferecer novas oportunidades para aumentar o impacto das nossas ações”. Através deste estreitar de laços, a FIVA passa agora a ser parceira oficial com estatuto de consultora da Unesco para questões relacionadas com o mundo automóvel, não sendo ainda conhecidas as implicações práticas desta nova parceria. No entanto, o que não faltam são provas para o reconhecimento essencial do automóvel na evolução da sociedade e na transformação da forma como vemos o mundo e as distâncias foram sendo reduzidas através das sucessivas inovações e avanços.