Um casal de motards séniores e a ilha descoberta pelos portugueses

Francisco Sande e Castro
Francisco Sande e Castro
Jornalista e Escritor

Quando cheguei a Hervey Bay fui direito ao porto onde tinha acabado há pouco uma corrida de barcos “offshore” Estavam a carregar os barcos nos sofisticados atrelados e fiquei a admirar aquelas peças de arte.

Depois rodei junto à costa para escolher o parque de campismo, de entre a meia dúzia que havia num espaço de uns 10 Km.

Fui parar ao lado de um casal de velhotes que ali tinha ido passar o fim de semana, cada um na sua moto. A dela uma Honda 750 e a dele uma Yamaha, destas a imitarem as Harley. Ele, barrigudo, em tronco nu e com um enorme bigode, tal como a moto, também parecia uma réplica de um condutor de Harley. Os dois muito simpáticos.

No acampamento reservei um passeio a Fraser Island que se vê do continente e é a maior ilha em areia do mundo, com 120 Km de comprimento.

Passaram buscar-me às sete e um quarto da manhã já num autocarro 4×4, de suspensão levantada. Fomos direitos a um Ferry que nos levou para a ilha onde não há estradas alcatroadas. Todas elas são em areia solta de maneira que, infelizmente, não poderia ter levado a moto.

Já na ilha visitámos primeiro o lago McKenzie, rodeado de uma faixa de areia de praia muito fininha e com uma água tão transparente que parece estarmos numa piscina. Tomámos uns banhos e depois seguimos para a praia propriamente dita parando antes no que penso ser o único Hotel da ilha, para almoçar.

A parte oriental da praia é larga e tem muitas dezenas de quilómetros. Jipes e autocarros podem rolar na areia de maneira que entrámos com o autocarro 4×4 pela areia, com uns trinta passageiros a bordo e rodámos durante uns bons 40 Km pelo areal. Parámos junto aos destroços de um barco do início do século XX e depois numa zona onde desagua um rio, de águas transparentes e límpidas. No mar da ilha não é possível tomar banho pois como há muito peixe na zona também há tubarões.

Parámos então junto a este rio onde estavam não só uma boa dezena de jipes mas também três avionetas que iam levantando e aterrando na praia com turistas a bordo.

Foi um dia realmente fora do comum.

A ilha tem a particularidade de ter muitas nascentes de água que formam diversos rios e grandes lagos. É também a única ilha no mundo de areia com uma floresta tropical no interior que se formou por existir naquela areia uma bactéria que alimenta as árvores, algumas, enormes, com mais de 1500 anos. No trajeto o guia contou-nos ainda que os portugueses foram os primeiros a chegar àquela ilha, muito antes do Captain Cook, e que os habitantes locais adoptaram mesmo algumas palavras portuguesas.

______________________________________________________________________

*Francisco Sande e Castro está a dar a volta ao mundo de moto e M24 publica o seu diário de bordo. Acompanhe-o nesta grande aventura

ler + em Volta ao Mundo em Crosstourer