WTCC Argentina: Penalização a Chilton dá primeira vitória a Ehrlacher e Tiago Monteiro é quinto

Apesar de Yann Ehrlacher largar da ‘pole-postion’ para a corrida de abertura do WTCC em Termas de Rio Hondo, o francês da RC Motorsport só se aguentou na liderança algumas curvas, já que Tom Chilton se mostrou demasiado forte e acabou por ganhar a primeira posição, que manteria até final. No entanto viria a sofrer uma penalização de cinco segundos por colisão, o que acabou por dar a vitória a Ehrlacher. Já Tiago Monteiro veio a terminar no quinto posto, depois de largar do sétimo lugar.

Depois de passado por Chilton, Ehrlacher viu-se obrigado a defender a segunda posição dos ataques de Mehdi Bennani, que na largada conseguiu levar a melhor sobre Esteban Guerrieri. O argentino foi perdendo terreno para os três primeiros e mais tarde viu-se atacado por Tiago Monteiro, que já não conseguiu passar o sul-americano da Campos Racing.

Para ajudar a causa do piloto português da Honda o facto de tanto Norbert Michelisz como Nick Catsburg sofrerem furos e cedo terem deixado de lutar por um bom resultado, enquanto Thed Bjork, se manteve atrás de Tiago Monteiro depois deste ter conseguido levar a melhor sobre o sueco no começo da corrida.