Nissan utiliza reboques autónomos

A Nissan acaba de apresentar o “Reboque Inteligente de Veículos”, um novo sistema de transporte totalmente autónomo que recorre às tecnologias de condução sem intervenção humana que a marca tem vindo a desenvolver e estão agrupadas sob a designação “ProPilot”.

Demonstrando mais uma vertente da visão da Mobilidade Inteligente do fabricante nipónico para o futuro, que aborda as novas formas como os automóveis serão conduzidos, alimentados e integrados na sociedade, este sistema foi introduzido no centro de produção de Oppama, Japão. Como base são utilizadas as tecnologias de mapeamento e comunicação para efetuar a integração V2I entre as Viaturas e as Infraestruturas da marca, sendo apresentado como “mais um passo em direção à vertente da Integração Inteligente da Nissan”.

O Reboque Inteligente de Veículos faz uso de um Nissan Leaf adaptado para o transporte de outros automóveis em plataformas sem que seja necessária qualquer intervenção humana, guiando os carros entre pontos de carga, nos finais das linhas de produção, e de descarga, no caís de embarque para expedição.

É destacado o facto de não ser necessária qualquer infraestrutura especial para este serviço, já que um conjunto de câmaras e sensores detetam as marcações das faixas, lancis e possíveis obstáculos e perigos em redor das rotas utilizadas dentro do perímetro da fábrica de Oppama. Estes percursos são geridos através do sistema de navegação do Leaf, que, por estar em contato com um Sistema de Controlo de Trafego Central, sabe imediatamente de qualquer alteração nos processos de produção ou percurso a realizar para adaptar imediatamente o trajeto a seguir.

O Sistema de Controlo de Trafego Central monitoriza dados como a localização, velocidade, carga das baterias e estado operacional das viaturas, e também com recurso a estes dados consegue monitorizar a interação entre reboques, pois caso dois deles se encontrem numa interseção é este “cérebro” que decide quem deve ceder a passagem.

A marca refere que esta tecnologia tem vindo a ser otimizada desde o início do ano, com mais de 1600 viagens de teste já realizadas, o que permitiu também desenvolver sistemas de segurança e de deteção de falhas que reduzem os riscos durante estes trajetos de condução autónoma. Tendo em conta as vantagens apontadas ao Reboque Inteligente de Veículos, a Nissan pondera agora introduzir este sistema de transporte sem intervenção humana em outros centros de produção.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.