Se é dono de um automóvel elétrico, ou já teve a oportunidade de conduzir um, reparou que não precisava de engatar mudanças. Mas isso não é porque o carro tem caixa automática. Aliás, no carro elétrico não é preciso meter mudanças quando se acelera ou se trava, visto que tem apenas uma única velocidade, independentemente da velocidade a que circula.

Um automóvel elétrico não precisa de mais que uma mudança pois o motor funciona num regime de rotações bastante mais elevado, e mantém a sua potência máxima numa faixa bastante ampla também. Na prática, o motor elétrico tem potência máxima instantânea e acelera sempre com a mesma rapidez.

Como este vídeo explica, os carretos de uma caixa de velocidade tem tamanhos (relações diferentes) para trabalhar com velocidades diferentes do motor. Uma relação de caixa de 11,4 chega permite a um carro elétrico chegar aos 225 km/h, mas num motor a gasolina de 6000 rpm, corresponde apenas a 67,5 km/h. Uma relação de caixa de 3,4 permite ao motor a gasolina chegar aos 225 km/h, mas a 67,5 o motor estaria a rodar a 530 rpm, abaixo do ralenti normal.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.