Vem aí o primeiro smartphone com hologramas a três dimensões

“Ajuda-me, Obi-Wan Kenobi, és a nossa única esperança”. Em 1977, esta icónica frase do filme “Guerra das Estrelas” deixou no imaginário popular o desejo de ter um sistema de comunicações que projetasse uma imagem tridimensional da pessoa com quem estávamos a falar. Agora, 40 anos depois, esse desejo vai finalmente ser realizado.

A RED, uma empresa que produz material audiovisual para uso profissional, prepara-se para entrar no mercado generalista com algo mais especial do que os produtos oferecidos pelas marcas tradicionais. Chama-se Hydrogen One e parece um smartphone com sistema Android, mas tem também um ecrã de 5,7 polegadas que permite exibir um sistema semelhante a um holograma, com visão tridimensional de objetos e programas. Isto inclui jogos e aplicativos. Tem também um sistema de som “surround sound”.

O Hydrogen One está disponível para pré-encomenda por um preço especial de lançamento, entre 1195 e 1595 dólares (1048 e 1399 euros).