Os buracos na estrada são um dos piores incómodos para automobilista. Não só estragam o conforto em viagem como também podem causar danos ao carro, dependendo da violência do impacto. E muitas vezes são verdadeiras armadilhas. No tráfego urbano, não os vemos por estarmos muito perto do carro da frente, ou na estrada por circularmos a uma velocidade elevada. Mas a Ford quer ajudar a resolver o problema.

Um cálculo feito em 2011 registou a deteção de 20 milhões de buracos nas estradas europeias, com apenas metade a serem efetivamente alvo de reparações. Um estudo feito na Grã-Bretanha concluiu que danos provocados por estas armadilhas acontecem a cada 17 minutos, resultando numa média de 508 euros em danos. Estes buracos são provocados pelo frio e gelo do inverno, causando fendas com o aumento de temperatura da Primavera, resultado da contração e dilatação do asfalto.

Agora, com a ajuda dos seus clientes, a Ford conseguiu criar um mapa virtual que permite aos automobilistas anotarem a existência de buracos na estrada e partilhá-los com outras pessoas que circulam na estrada. Este sistema vai enviar um alerta da presença de um buraco na estrada a todos as pessoas conectadas.

Este sistema está atualmente em fase de desenvolvimento, com os testes previstos já para este ano. A informação sobre buracos na estrada será transmitida aos condutores através do painel de instrumentos. Enquanto não está pronto, a Ford tem um sistema para minimizar os danos, propondo nos seus modelos de topo (Mondeo, Galaxy e S-MAX) um controlo de amortecimento da suspensão com mitigação de buracos. A informação recolhida no programa de desenvolvimento também vai ser usada para o desenvolvimento de uma nova suspensão ativa, que promete ser mais eficaz a lidar com armadilhas na estrada.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.