Agora que os automóveis estão cheios de sistema que não deixam o carro ser ligado sem a presença de uma chave, mesmo quando se carrega num botão para a ignição, dá a impressão que os automóveis estão imunes ao roubo. Até é praticamente impossível fazer ligação direta com automóveis modernos. Mas tal como os carros, os ladrões também aderiram à alta tecnologia para continuarem a fugir com veículos que não são seus.

Os potenciais ladrões identificam carros de alta gama à porta de casas luxuosas e usam um amplificador de sinal para detetar a presença de uma chave, capturar a transmissão de dados e enviá-la para um transmissor, que imita a função da chave. Os ladrões usam estes sistemas para entrarem no carro, ligá-lo e fugir com o móbil do roubo.

Felizmente, existem maneiras de proteger o seu carro de roubo, mesmo com meios de alta tecnologia. O principal problema é que a maior parte dos carros de alta gama já não têm chave de ignição, e as chaves nunca param de enviar um sinal ao carro para o abrirem à distância. É possível usar uma barreira física, como uma tranca de volante. Embora não seja difícil de ultrapassar, o tempo adicional para lidar com o obstáculo pode ser suficiente para fazer os ladrões pensar duas vezes. Existem formas de bloquear o sinal a partir da chave. Usando o princípio da “gaiola de Faraday”, uma caixa ou bolsa para a chave será suficiente para não detetar o sinal.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.