FIA European Rally Trophy: decisão volta a ser no Algarve

 

 

 

Pelo segundo ano consecutivo, o Rali Casinos do Algarve (17 e 18 de novembro) foi escolhido pela entidade federativa mundial para ser a prova final do FIA European Rally Trophy (ERT).

A decisão foi tomada na última reunião da Comissão de Ralis da FIA, tendo a candidatura da prova algarvia contado com o apoio da FPAK.

A opinião muito favorável transmitida pelos concorrentes que participaram o ano passado, na edição que registou recorde de participantes.

Outros fatores estiveram, todavia, em destaque: o acolhimento dispensado aos participantes e a organização, sob a responsabilidade do Clube Automóvel do Algarve, acabaram por pesar na escolha.

O ERT assume a forma de grande final, uma vez que reúne os vencedores dos vários troféus regionais europeus promovidos sob a tutela da FIA, integrados de algumas provas famosas, caso de Sanremo, Ypres, Vinho da Madeira e Valais: Alpes; Balcãs; Báltico; Benelux; Celta; Central e Ibérico, este último englobando duas provas portuguesas — Serras de Fafe e Vinho da Madeira — e igual número – Sierra Morena e Princípe das Astúrias/Cidade de Oviedo – de espanholas.

Satisfeito, José Manuel Afonso, líder do clube sediado em Loulé, confessou ao MOTOR 24 que «por alguma razão a FIA voltou a entregar-nos a organização desta final» e sublinhou duas vantagens determinantes:

«A data da realização, em meados de novembro, joga a osso favor, pois outro fator também conta. O clima da região, nessa altura do ano, é bem diferente do que se verifica nos países da Europa mais central e norte», recordando aquele responsável que «só da Áustria vieram, em 2017, sete equipas».

Para este ano, José Manuel Afonso adiantou que «vamos trabalhar no sentido de termos à partida maior número de concorrentes estrangeiros, ou seja, um acréscimo em relação aos quinze que alinharam o ano passado» e mostrou-se otimista: «esperamos um bom nível de concorrentes».

O ano passado, a prova voltou a ser decisiva para atribuição do título nacional, conquistado por Carlos Vieira.

O Rali Casinos do Algarve, que terá 150 km de troços cronometrados, colocará, de novo, ponto final no Campeonato de Portugal de Ralis e será igualmente pontuável para os campeonatos de Iniciados e de GT, Taça FPAK, bem como para o campeonato sul e ainda para a novidade desta temporada, a Peugeot Rallye Cup Ibérica.

Uma verdadeira gala em final de temporada, tendo as classificativas de asfalto do Algarve como palco.