Rali de Portugal: Saiba quem é o primeiro líder

Ott Tanak é o primeiro líder do Vodafone Rally de Portugal, ao vencer a super especial de Lousada (partindo do princípio que dos restantes carros a fazer Lousada, nenhum deles faz melhor tempo). O piloto da Toyota bateu Sébastien Ogier por 0.4s, com Teemu Suninen a fazer o mesmo tempo do seu colega de equipa na M-Sport.

A especial foi muito equilibrada mas só entre os três primeiros já que o quarto classificado, Andreas Mikkelsen ficou a 1.4s o que em 3.36 Km é significativo. Kris Meeke fez o mesmo tempo de Mikkelsen, Thierry Neuville gastou mais um décimo que o piloto da Citroën, com Elfyn Evans em sétimo, a 1.5s de Tanak.

Seguiram-se Dani Sordo, Mads Ostberg, Esapekka Lappi, Hayden Paddon, Craig Breen e Jari-Matti Latvala, que perdeu 3.9s depois de ter deixado o seu carro ir abaixo no arranque.

Dos três portugueses que já cumpriram a super especial, Pedro Meireles foi o mais rápido, meio segundo na frente de Miguel Barbosa. Armindo Araújo foi terceiro, mas teve problemas com os intercomunicadores e perdeu 1.7s para Meireles.

Falámos de três, porque o quarto, José Pedro Fontes, não saiu de Guimarães, pois o seu Citroën C3 R5 recusou-se a pegar, devido a um problema elétrico, que será fácil de resolver, mas o estrago está feito, pois com a penalização de 10 minutos, Fontes está desde já afastado da luta pelas melhores posições no CPR. Pelo menos deverá poder adaptar-se ao carro. Quanto ao resultado, já ‘era’…

Quem também não partiu de Guimarães foi Manuel Castro, que teve problemas com a caixa de velocidades do i20 R5, e já abandonou o rali.

No WRC2, Pontus Tidemand foi o mais rápido, batendo Stéphane Lefebvre por 1.2s.

Como já referimos atrás, a prova ainda está a decorrer, pelo que para verificar os resultados atualizados deverá clicar no link CLIQUE AQUI