F1/Testes de Barcelona: Hamilton termina a semana com o melhor tempo

O início do último dia de testes desta semana ficou marcado pelo nevoeiro que pairou sobre o circuito da Catalunha mas que não influenciou os trabalhos, que começaram assim que a luz verde se acendeu.

A maioria das equipas fez logo as voltas de instalação e a McLaren mostrou logo vontade de recuperar o tempo perdido. Vandoorne colocou o primeiro tempo na tabela, com os pneus de chuva, a única solução lógica para enfrentar a pista molhada. Durante algum tempo apenas o nome de Vandoorne e Ericsson apareceu na tabela, enquanto os outros pilotos continuavam com testes de aerodinâmica e voltas únicas. Aos poucos os carros começaram a tentar mais de uma volta até que Ericsson provocou a primeira bandeira vermelha do dia com uma saída de pista.

O tempo foi passando e quando o relógio se aproximou do meio dia, os tempos começaram a cair em catadupa. Magnussen foi o primeiro a destronar Vandoorne, mas seguiram-se Hulkenberg, Bottas e Verstappen que pouco tinha andando durante a manhã. As condições da pista iam melhorando cada vez mais e Bottas deu o exemplo, sendo o primeiro a sair das boxes com pneus slicks. Vandoorne continuava a acumular voltas para a McLaren enquanto Alonso se preparava para assumir os comandos da máquina. Entretanto, Sainz, Leclerc, Stroll e Hamilton tinha tomado o lugar dos seus colegas de equipa.

Hamilton desde cedo começou imprimir um ritmo forte mas não chegava ao tempo de Vandoorne que durante muito tempo foi o melhor, com o tempo feito no início da tarde, nesta sessão que mais uma vez foi contínua, sem pausas para almoço. Até que quando faltava pouco mais de uma hora para o final, Hamilton fez o melhor tempo da sessão e da semana. Antes disso, Verstappen teve uma saída de pista que provocou a segunda bandeira vermelha do dia, numa sessão pouco conseguida por parte da Red Bull com poucas voltas dadas.

A pista teve muito movimento durante a última hora do dia mas os tempos não se alteraram muito com Hamilton na frente, seguido de Vandoorne, Vettel e Magnussen, Alonso fechava o top 5 das melhores voltas.

Uma saída de pista de Leclerc motivou a terceira bandeira vermelha do dia, mas o problema foi resolvido de forma célere e pouco depois as máquinas regressaram para as últimas voltas desta semana.

Até ao final não houve mais alterações significativas na tabela de tempos e a Mercedes terminou assim o dia na frente. Hamilton ficou com o melhor tempo desta semana, seguido de Vettel e Vandoorne no top3 das melhores voltas destes quatro dias.

Quanto ao dia de hoje, destaque para o ritmo da Mercedes e Ferrari na última parte da sessão e para o elevado número de voltas dado pela McLaren (160) mostrando que a fiabilidade está num bom nível, embora os problemas de sobreaquecimento pareçam continuar. A Toro Rosso voltou a fazer muitas voltas ao contrário da RedBull que teve um dia discreto quer em performance como em número de voltas dado.

Tempos da sessão de hoje e número de voltas dadas:

Ver imagem no Twitter