O finlandês Kalle Rovanpera (Toyota Yaris) desistiu da 57.ª edição do Rali de Portugal após sofrer um despiste e capotamento na segunda especial deste sábado, em Montim 1.

 

O bicampeão mundial em título e vencedor das duas anteriores edições deixou deslizar a traseira do seu Yaris em demasia numa curva à direita e acabou por capotar. O acidente não teve consequências físicas para o piloto e o navegador Jonne Halttunen.

O piloto seguinte em pista, o sueco Oliver Solberg (Skoda Fábia), líder da categoria WRC2, capotou na curva seguinte e também desistiu. Neste troço, já o britânico Elfyn Evans (Toyota Yaris), o belga Thierry Neuville (Hyundai i20) e o japonês Takamoto Katsuta (Toyota Yaris) tinham cometido erros e feito piões, o que lhes custou alguns segundos.

O francês Sébastien Ogier (Toyota Yaris) é agora o novo líder, com 3,4 segundos de vantagem sobre o estónio Ott Tänak (Hyundai i20), com Takamoto Katsuta em terceiro, a 15,7.

Fonte: Lusa