Mercedes apresenta projeto para a Fórmula E

Alexandra Beny
Jornalista

Com o fim do capítulo DTM marcado para o final deste ano, a Mercedes foca-se já no seu futuro desportivo. A marca alemã está pronta para entrar no mundo da Fórmula E no início da temporada 2019/20 e levantou o véu daquilo que será o projeto no campeonato 100% elétrico, divulgando já o nome da equipa: Mercedes EQ Formula E Team.

A equipa contará com o apoio da estrutura da Fórmula 1, sendo os motores desenvolvidos em Brixworth. Apesar da larga experiência, a marca alemã admite que a passagem para a modalidade totalmente elétrica representa um desafio recheado de surpresas.

Ainda assim, a Mercedes quer entrar com o pé direito na modalidade em expansão e como tal, toda a preparação é pouca. As operações em pista serão executadas pelo parceiro de fábrica de longa data HWA, que vai entrar na Fórmula E como parceira da Venturi.

“O ‘know-how’ combinado da família Mercedes em Affalterbach [HWA], Brixworth e Brackley fornece as bases perfeitas para a Mercedes EQ Formula E Team”, assumiu Toto Wolff. “Não consigo imaginar uma combinação melhor para assumir este tipo de projeto”, explicou o chefe de equipa da Fórmula 1.

Apesar dos ótimos resultados na prova rainha de velocidade, a verdade é que a Mercedes quer estar em todas as frentes, sendo a Fórmula E o próximo patamar a explorar.

“A Fórmula E é uma série única com alguns desafios muito específicos para as equipas. Sabemos que o nível de competição é extremamente alto e abordaremos o desafio com energia e humildade. Não pode haver outra abordagem quando enfrentamos 10 equipas de fábrica, competitivas e com anos de experiência na prova”, garantiu Wolff.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.