Miguel Matos garante dois pódios na G1 Series em Itália

O jovem campeão da Fórmula Ford Portugal está a dar nas vistas em Itália

O jovem português Miguel Matos continua a surpreender na italiana G1 Series. Na Corrida 1 da segunda prova da época, disputada no Autódromo de Magione, o campeão em título da Fórmula Ford Portugal garantiu a segunda posição. Na Corrida 2, apesar de continuar com problemas ao nível do set-up do seu monolugar e de ter sofrido um toque, ainda conseguiu recuperar e terminar na terceira posição, somando pontos importantes para o campeonato.

Depois de ter conquistado a pole-position e garantido um terceiro lugar na jornada de inaugural, disputada no Autódromo de Varano, Miguel Matos voltou a estar em evidência no traçado de Magione, na segunda prova da G1 Series, competição de monolugares equipados com motores Aprilia de 210 cavalos e com um peso de conjunto de 390 kg.

Os monolugares da G1 Series têm 210 cavalos de potência para 390 kg

O piloto português, campeão da Fórmula Ford Portugal em 2017, foi o segundo mais rápido na qualificação – a 0,194s da pole position conquistada pelo israelita Yarin Stern – e depois segundo classificado na Corrida 1, na frente do italiano Andrea Fontana, tendo a vitória ficado na posse de Stern. Fontana viria a impor-se na Corrida 2, Stern foi segundo e Miguel Matos, que sofreu um toque, ainda conseguiu recuperar até à terceira posição.

Miguel Matos no segundo lugar do pódio em Magione

“Consegui o segundo lugar na Corrida 1 mas foi difícil. O carro estava a escorregar muito de traseira e por isso não estava muito rápido”, comentou o piloto de Guimarães, para depois analisar a Corrida 2 e fazer um balanço desta segunda prova: “A Corrida 2 foi um pouco complicada. Durante todo o fim de semana não conseguimos acertar bem com o ‘set-up’ e tive de me esforçar bastante para acompanhar os pilotos da frente. Para além disso, sofri um toque que dificultou ainda mais a minha corrida. Mas fazendo um balanço desta prova, com um segundo e um terceiro lugares, somámos pontos importantes para o campeonato, que ainda terá mais quatro provas. Agora vamos tentar perceber o que se passou em termos de ‘set-up’ e tentar melhorar para a terceira jornada que será disputada entre os dias 8 e 10 de junho, no Circuito de Cremona”, concluiu o jovem piloto.