Montalegre é o centro do mundo do ralicrosse

O Mundail de Ralicrosse é sinónimo de casa cheia em Montalegre

Pelo 5.º ano consecutivo, o Mundial de Ralicrosse (WorldRX), campeonato FIA recheado de estrelas, está de visita a Montalegre: no próximo fim-de-semana (27 a 29 de abril) decorre, no circuito daquela vila, a segunda etapa desta época, uma vez mais com organização técnica do Clube Automóvel de Vila Real (CAVR).

A vila do Barroso é, desse modo, por estes dias, o centro do mundo do ralicrosse, disciplina que nos últimos anos atraiu número pouco vulgar de marcas e de piloto com palmarés escritos a ouro, nomeadamente Sebastien Loeb, Petter Solberg e Mattias Ekström.

Após a jornada de Barcelona, que, tal como o ano passado, abriu a época, honra que Montalegre teve nos anos precedentes, o atual detentor do título, Johan Kristofferson (VW Polo R) chega a Portugal na frente do campeonato e do colega de equipa Petter Solberg, patrão da estrutura mais portuguesa do paddock.

Autor de um muito suado 2.º lugar na Catalunha, Sebastien Loeb (Peugeot 208) pretende recuperar algum terreno perdido nas mangas de qualificação que também dão pontos.

O campeoníssimo dos ralis ocupa o 7.º lugar do campeonato, com menos 13 pontos que o líder nórdico e a dois do colega de equipa Timmy Hansen no escalonamento classificativo liderado pelos VW Polo R do PSR VW Sweden, seguidos pelos Audi S1 do EKS Audi Sport de Andreas Bakkerud e Mattias Ekström e pelo Hyundai i20 do jovem Niclas Gronhölm, filho do bicampeão do mundo de ralis, Marcus Gronhölm.

Em Montalegre, duas estreias na pista transmontana: Guerlain Chicherit surge ao volante de um Renault Megane RS e o chinês Ma Quing Hua, ex-piloto da Citroën no WTCC, alinha com um Ford Fiesta do Team Stard.

As cores nacionais são defendidas por Joaquim Santos (Ford Focus) e Mário Barbosa (Citroën DS3), únicos pilotos portugueses na categoria rainha (Supercars), que conta com 20 inscritos.

Curiosidade em ver o britânico Oliver Benett com o Mini Cooper em ação numa pista bastante técnica e muito do agrado dos pilotos, situada a mais de 1000 metros de altitude. O caráter único da localização do traçado coloca dificuldades adicionais na afinação dos motores dos carros com potências na ordem dos 600 cavalos.

No Euro RX S1600, lotação esgotada – 25 inscritos, entre eles Hélder Ribeiro (Citroën C2) – e três pilotos em lista de espera. Mário Teixeira (Ford Fiesta) integra este trio.

O letão Artis Baumanis (Skoda Fabia) defende liderança do campeonato.

Nova bancada e muita animação

A nova bancada designada Sul Terra é a maior novidade das melhoradas infraestruturas do circuito de Montalegre e que amplia a lotação de um recinto que tem registado, literalmente, lotação esgotada nos anos anteriores.

A afluência do público espanhol é um facto, para o qual muito contribuem o fator proximidade e a excelente promoção feita pelo município de Montalegre em Ourense, através de várias iniciativas.

No capítulo de acessos, a estrada principal que conduz à pista foi melhorada, graças às obras levadas a cabo, no ano passado, para expansão do paddock de Supercars.

A estrada municipal que liga Montalegre a Chaves sofreu obras de melhoramento, sendo agora um trajeto muito menos demorado e mais seguro.

A criação do bilhete VIP é outra novidade: trata-se de um passe de fim de semana (dois dias) que dá acesso a um espaço com TV onde é possível assistir ao stream direto da ação em pista, cronometragem e infografia, com serviço de bar aberto e almoço nos dois dias na tenda de catering. Os portadores deste bilhete têm acesso à bancada central.

A exemplo do ano passado, um serviço gratuito de shuttle fará a ligação entre Montalegre e o circuito. Os horários poderão ser consultados na App MontalegreRX, disponível para Android sem custos, ou nos placares informativos nos pontos de paragem.

Todos os fãs terão acesso à Internet na Fane Zon, pois foi criado um hotspot Wifi nesta zona.

No sábado (dia 28 de abril), na Praça do Município, entre as 10.00 e as 18.00 haverá vídeo jogos e simuladores no Game Truck, uma mini pista de Go Karts e duas mesas gigantes de matraquilhos.

Esta estrutura será deslocada, no domingo, para o circuito, onde animação é coisa que não vai, certamente, faltar ao longo do fim de semana para o qual o Município local investiu 300 mil euros, estimando em 1,5 milhões de euros o retorno a contabilizar.

Ver mais em:

http://www.fiaworldrallycross.com/;

https://www.cm-montalegre.pt/

http://www.cavr.pt/