MotoGP: Dani Pedrosa anuncia retirada?

Esta quinta-feira ficou marcada pelo anúncio da nova equipa satélite da Yamaha para os próximos três anos em MotoGP. Falamos da SIC Racing Team que chega à classe rainha ocupando os dois lugares da grelha que pertencem atualmente à Ángel Nieto Team.

Por oficializar está ainda o tão falado patrocínio da Petronas bem como os pilotos que vão estar aos comandos das M1. É precisamente no campo dos pilotos que entra em ação o nome de Dani Pedrosa. O piloto espanhol, que vai deixar a Honda no final da época, tem tido fortemente o seu nome associado a este a projeto, mas segundo o site britânico ‘Motorcycle News’ as negociações, que têm vindo a arrastar-se, não chegaram a um bom porto.

Isto porque do campo de Dani Pedrosa veio a exigência de uma moto com a mesma configuração que aquela que é utilizada por Valentino Rossi e Maverick Viñales, os pilotos oficiais, algo que a equipa malaia não conseguirá suportar devido aos elevados custos que exige. Mesmo com o tão falado patrocínio da Petronas.

Desta forma na próxima quinta-feira no circuito de Sachsenring, palco do Grande Prémio da Alemanha, se não existir nenhuma reviravolta poderemos assistir ao anúncio da retirada de Dani Pedrosa, na conferência de imprensa que o homem de Sabadell dará durante a tarde.

Veremos também qual será o papel a desempenhar pela Dorna, entidade promotora do Mundial, em todo este processo, pois segundo alguns rumores esta já havia sugerido a Dani entrar em negociações com a Yamaha em vez de optar imediatamente pela saída de cena.

Alexandre Melo/Motosport