World Rallycross vai passar a ser elétrico a partir de 2020

Pedro Junceiro
Pedro Junceiro
Editor Conteúdos

O Campeonato do Mundo de Rallycross (World RX) vai passar a ser uma competição de veículos elétricos já a partir de 2020, numa decisão confirmada esta semana pela Federação Internacional do Automóvel (FIA).

A IMG, entidade promotora deste campeonato, colaborou em estreita cooperação com a FIA e com os construtores para definir o futuro do Rallycross ao longo dos últimos 18 meses, trabalhando também para assegurar que os privados poderão também competir neste campeonato nos seus novos moldes.

Foi estabelecido um prazo de 30 de julho para que os construtores se possam comprometer com esta nova forma do World RX, estabelecendo também fornecedores únicos para alguns dos componentes standard que serão utilizados por todos os competidores: a ORECA foi escolhida como a fornecedora dos chassis e a Williams Advanced Engineering foi apontada como a fornecedora da bateria.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.