Toda a gente gostava de ter um Fórmula 1, mas comprar um está fora do alcance da maioria das carteiras, mesmo entre alguns milionários. Construir um F1 moderno também está fora de questão, mas é possível criar algo parecido, com imaginação, muita paciência e algum dinheiro poupado. E foi isso que fez Miso Kuzmanovic, um mecânico da Bósnia Herzegovina, que construiu o seu próprio F1 e até anda na estrada com ele.

Miso demorou mais de 1000 horas a completar o seu carro, mas gastou apenas 20 mil euros no processo. Tem um motor de 2 litros, pouco potente, que o leva apenas aos 160 km/h. Mas tem alguns luxos que um F1 não tem, como um sistema de som para ouvir música. A única grande modificação que teve que fazer ao projeto foi quando a sua mulher lhe perguntou onde é que ela se sentaria, o que o obrigou a colocar um segundo banco.

O principal problema foi mesmo a legalização do carro, que o obrigou a tratar de muitos detalhes burocráticos, mas Miso conseguiu finalmente colocar-lhe uma matrícula, sendo também obrigado a instalar uma buzina, faróis e piscas. Não foi preciso montar guarda-lamas, e apesar de andar com a cabeça exposta, o condutor não necessita de um capacete para circular.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.