FOTO Álvaro Ibáñez CC-BY-2.0

A Amazon revolucionou o modo como se faz o comércio a nível internacional, aproximando os produtores de conteúdos e tecnologia de novos potenciais clientes em qualquer ponto do mundo. A empresa de Jeff Bezos tem aproveitado essa aproximação para influenciar novas tecnologias de transporte urbano.

Novos conceitos de transporte também obrigaram a Amazon a reinventar-se, servindo não só para os criadores dos produtos que vendem, mas também os interesses dos seus clientes. Tal como os automóveis vão levar, através da condução autónoma, à partilha do mesmo veículo por várias pessoas, a Amazon já começou a usar, embora de modo algo anónimo, um sistema de trocas entre os seus utilizadores.

Através deste sistema, a Amazon permite aos seus clientes a hipótese de entregar um item usado à empresa, que verificar a sua condição e confirma se tem ou não qualidade para ser reutilizado por essa pessoa. Desta forma, o cliente pode desfazer-se de algo que já não deseja, e trocar esse item por crédito em futuras compras na Amazon.