O rio Mississipi sempre foi um símbolo da mitologia moderna, a fronteira que, no Século XIX, foi ultrapassada pelos Estados Unidos para conquistar o oeste. Um dos aspetos dessa mitologia foram os navios a vapor que serviram para transportar pessoas e mercadorias, desde a sua foz em Nova Orleans, no Golfo do México, até Minneapolis, no norte dos Estados Unidos.

Essa mitologia transcendeu a fronteira americana e chegou à Europa, através dos livros de um jovem piloto chamado Samuel L. Clemans, que ficou mundialmente famoso com o pseudónimo Mark Twain, escrevendo dois clássicos da literatura, “As Aventuras de Tom Sawyer” e “As Aventuras de Huckleberry Finn”, onde o rio e os barcos a vapor são personagens tão importantes como Tom, Huck, o escravo foragido Jim e o vilão Índio Joe.

Quem quiser replicar o estilo de vida de Tom Sawyer e Huckleberry Finn, mas com todas as conveniências modernas, a Rev-House, uma empresa alemã, propõe uma casa flutuante. Com 14,9 metros de comprimentos e 6,25 de largura e terraço, a área total é de 175,7 m2, podendo transportar até 25 pessoas, ou alojar 50 pessoas quando ancorada. Um motor Diesel de 110 cv é opcional, mas oferece-lhe a desejada mobilidade. O preço não é para todas as pessoas, custando 359 mil euros só a casa flutuante e 469 mil com motor incluído.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.