A Bugatti recuperou para o seu museu uma série de modelos históricos insubstituíveis que até aqui pertenciam a uma coleção particular. Entre os automóveis clássicos agora ‘recolhidos’ está um Type 51 da década de 1930 que é um dos que menos alterações recebeu ao longo da sua existência.

Durante vários anos, uma coleção composta por alguns dos mais extraordinários modelos da Bugatti pertenceram a uma coleção privada na Suíça, do entusiasta Hans Matti, sendo mantidos cuidadosamente no seu estado original, o que quer dizer que nem sequer foram alvo de restauro após a utilização em pista ou em estrada, na maior parte dos casos.

No entanto, após mais de dois anos de negociações para obter esta coleção (com o envolvimento até de Caroline Bugatti, neta de Ettore Buggati), a marca francesa de superdesportivos conseguiu transportar estes automóveis clássicos para Molsheim, a ‘casa’ da Bugatti.

Matti não só tratou de colecionar estes automóveis, como também de recolher toda a informação sobre a sua história, reunindo fotografias originais, revistas, livros e comunicações da fábrica relativos a cada um dos seus modelos. Assim, ele é um dos mais experientes e conhecedores da história dos Bugatti da era daquilo que se convencionou chamar ‘Grand Prix’, na década de 1930.

Entre os modelos recuperados agora para a Bugatti está um Type 51, um modelo de Grande Prémio que nunca foi restaurado ou pintado de novo, pelo que exibe assim cerca de 90 anos de marcas na carroçaria. Este modelo começou a sua vida como um dos derradeiros 35B a serem construídos, pilotado na época por Louis Chiron, mas cujos desenvolvimentos técnicos, nomeadamente, com um motor de dupla árvore de cames, levaram à honra de receber uma nomenclatura própria – Type 51.

O novo motor foi transferido para esse novo projeto, tornando-se efetivamente no Type 51 e ganhando notoriedade com o piloto Achille Varzi em diversas competições. Noutro detalhe importante, o motor de corrida original deste carro enquanto 35B foi transferido para outro Type 35B pela fábrica, encontrando-se essa unidade também nesta coleção.

Outros exemplares especiais são um Type 37A, um Type 49 Faux Cabriolet de chassis curto com carroçaria aplicada por Jean Bugatti (sendo o único no mundo), um Type 35B e um Type 35A, este último com a única combinação no mundo de motor, caixa de velocidades e eixo traseiro do Type 36.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.