A Volvo Cars continua à procura de formas mais eficientes de criar automóveis com um impacto ambiental reduzido. E embora esteja a apontar a curto prazo para os seus primeiros carros elétricos, de nada serve estes não emitirem poluição, se o processo de produção não for igualmente amigo do ambiente. É nesse aspeto que se destaca a sua fábrica em Skövde, na Suécia, que se tornou a primeira da marca com climatização neutra em termos de emissões de carbono.

Um acordo feito entre a Volvo e o fornecedor local de energia garantiu que a climatização da fábrica vai ser feita com base apenas em energias renováveis. Isto inclui incineração de resíduos, biomassa e reciclagem de biocombustíveis. A eletricidade usada em Skövde já era derivada de energias renováveis desde 2008. Outras fábricas poderão adotar a mesma política de redução de impacto ambiental. A fábrica de Ghent, na Bélgica, adotou um sistema de climatização que reduziu as emissões de CO2 em 40 por cento, poupando 15 mil toneladas por ano.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.