Ford Ka+ atualiza-se e recebe versão Active para aventuras fora da cidade

Pedro Junceiro
Pedro Junceiro
Editor Conteúdos

Exponenciando uma fórmula que atualmente (quase) todos os construtores idolatram, também a Ford apresentou uma nova versão Active de visual mais ao jeito de um crossover para o seu mais compacto Ka+, que replica aquela que em breve também irá chegar ao Fiesta. Os novos modelos estarão à venda na Europa no final deste ano, com preços a partir de 11.000€ em Portugal.

Pela primeira vez, a marca norte-americana contará com um Ka+ de âmbito mais versátil, aproveitando para lançar esse novo modelo Active no âmbito de uma atualização de meio de ciclo para este citadino de cinco portas, que ganha mais conforto, mais tecnologias de assistência ao condutor, bem como um estilo interior e exterior mais apelativo.

Oferecendo um generoso espaço para cinco adultos e uma ampla bagageira, os novos Ka+ e Ka+ Active estão disponíveis com tecnologias como sistema de comunicação e entretenimento SYNC 3, além dos sensores de chuva e de luminosidade.

Outra importante estreia dos novos Ka+ e Ka+ Active consiste na oferta de motores a gasolina e Diesel. No primeiro caso destaca-se o novo 1.2 Ti-VCT (Twin independent Variable Camshaft Timing) de três cilindros, com 70 ou 85 CV, e, no segundo caso, o bloco Ford 1.5 TDCi de 95 CV, concebido para satisfazer as necessidades dos condutores que efectuam quilometragens elevadas.

Mais ativo

Quanto ao novo Ka+ Active, trata-se de uma proposta que apresenta estilo exterior mais robusto, maior distância ao solo e uma afinação do chassis dedicada, grelha com design específico, acabamentos interiores exclusivos e um elevado nível de equipamento de série. O crossover Ka+ Active é a segunda proposta de uma nova gama de modelos Active que a Ford vai disponibilizar, surgindo a seguir ao Fiesta Active que vai ser lançado no final deste ano.

O Ka+ Active apresenta uma distância ao solo aumentada em 23 milímetros e um estilo exterior marcado por proteções de carroçaria adicionais nas embaladeiras e guarda-lamas, acabamento exclusivo, em preto, nas grelhas superior e inferior dianteiras, e barras de tejadilho para transportar bicicletas e equipamento desportivo, indispensáveis em estilos de vida ativos. Incluem-se ainda jantes de liga leve de 15 polegadas e a cor exterior bronze metalizado Canyon Ridge, ambas específicas do modelo.

O interior do Ka+ apresenta um acabamento granulado no painel de instrumentos e revestimentos resistentes em antracite escuro. Nas zonas do habitáculo mais visíveis e mais frequentemente tocadas pelos utilizadores, como as pegas das portas, a consola central e as saídas da ventilação, foram adotados elementos decorativos específicos com acabamentos cromados. O habitáculo do Ka+ Active é reforçado por embaladeiras com a inscrição Active em relevo e volante (específico da versão) revestido a cabedal e costuras em Castanho Sienna. Os bancos dianteiros e traseiros apresentam revestimentos em tecido com faixas e costuras em Castanho Sienna. No habitáculo e na bagageira, os tapetes para todas as estações do ano protegem o interior da sujidade trazida do exterior, como é o caso do calçado com lama.

Adicionalmente, o KA + Active possui uma maior largura de vias, uma barra anti-rolamento frontal maior e uma Direcção Assistida Electrónica com afinação específica, para um comportamento crossover optimizado. Os amortecedores revistos apresentam um batente de recuperação hidráulico para uma condução mais suave em pisos irregulares e a Prevenção de Capotamento Activa funciona integrada no sistema Electrónico de Controlo de Estabilidade para oferecer segurança adicional ao transportar cargas no tejadilho.

A pretensão da Ford é atrair um leque maior de aficionados que procuram uma imagem mais robustez, mas que não queiram abdicar do seu citadino, como reconhece Roelant de Waard, vice-presidente de Marketing, Vendas e Serviço da Ford Europa.

“No ano passado, as vendas de modelos SUV da Ford na Europa ultrapassaram as 200.000 unidades, e a procura por modelos SUV e crossover nunca foi tão elevada. Este ano, o nosso novo Ford Ka+ Active vai tornar o conceito crossover mais acessível a um número ainda maior de clientes, graças ao estilo cativante e às tecnologias sofisticadas, argumentos que esses mesmos clientes apenas esperam encontrar em carros mais dispendiosos”, argumentou, lembrando que o novo Ka+ é já um caso de sucesso que em pouco mais de um ano vendeu já mais de 60 mil unidades.

Novidades estéticas

O renovado Ka+ surge proposto nos níveis de equipamento Essential e Ultimate, a que se junta a nova versão Active, apresentando uma grelha trapezoidal mais elevada e óticas dianteiras rasgadas e de maiores dimensões, em linha com a mais recente linguagem de design da Ford. O novo desenho da grelha inclui uma moldura cromada, enquanto que as luzes de nevoeiro e as luzes diurnas (ambas de série) são realçadas por um detalhe específico cromado em forma de “C”, que é reproduzido em ambos os cantos do para-choques traseiros. O redesenho dos para-choques dianteiro e traseiro contribuem para a assertividade do novo visual.

Estão também disponíveis novas tecnologias de conforto, conveniência e de assistência ao condutor, como é o caso do sistema de comunicação e entretenimento Ford SYNC 3 permite aos condutores controlar as funções de áudio e os smartphones conectados através de comandos por voz ou do ecrã tátil de 6.5 polegadas e a cores (compatível com os sistemas Apple CarPlay e Android Auto).

Também são propostos bancos dianteiros aquecidos, Controlo Electrónico Automático de Temperatura e sensores de estacionamento traseiros. Todas as versões KA+ e KA+ Active oferecem um extenso equipamento de série, incluindo vidros dianteiros eléctricos, retrovisores eléctricos, fecho central com comando, Assistência de Arranque em Subida, Limitador de Velocidade, e Ford Easy Fuel (sistema inteligente de abastecimento de combustível). O arranque do motor é feito por botão e, em resposta ao feedback dado pelos clientes, o compartimento de bagagem é agora mais fácil de aceder através de um botão no portão, além do comando de abertura interior junto ao banco do condutor.

Disponível também, a tecnologia Ford MyKey permite aos proprietários definir limites máximos de velocidade e de volume de áudio, e assegura que os sistemas de segurança não são desactivados quando o Ka+ é conduzido por condutores jovens e inexperientes.

Agora escolha…

Os novos Ka+ e Ka+ Active oferecem agora um poder de escolha de motorizações graças à disponibilidade de opções a gasolina e Diesel que cumprem as exigências da mais recente norma de controlo de emissões, Euro Fase 6, contando, de série, com a tecnologia Auto Start-Stop.

O novo motor Ford 1.2 Ti-VCT de três cilindros, a gasolina, partilha uma arquitetura de base com o bloco 1.5 EcoBoost de 200 CV montado no novo Ford Fiesta ST, disponível no final deste ano, e apresenta emissões estimadas em 114 g/km CO2. Este bloco substitui o 1.2 Duratec, oferecendo até 10% mais de binário entre as 1.000 rpm e as 3.000 rpm, para uma resposta otimizada na condução diária.

Segundo a marca, “a configuração de três cilindros reduz a frição, enquanto que a utilização do alumínio na construção da cabeça e do bloco contribui para reduzir o peso e obter consumos mais baixos”, valendo-se ainda de tecnologias como o duplo Sistema Independente de Variação da Distribuição, condutas de admissão integradas (otimizam o aquecimento do sistema de escape para reduzir as emissões) e, num conjunto, a bomba de óleo com capacidade variável de dupla fase, pistões com revestimento tipo diamante e correia primária em banho de óleo (que contribuem para baixos níveis de fricção e melhoria do consumo de combustível).

Outra novidade é o motor 1.5 TDCi de 95 CV – com um nível de emissões previsto de 99 g/km CO 2 – capaz de desenvolver 215 Nm de binário entre as 1750 e as 2500 rpm, ideal para uma condução sem esforço nas longas viagens. Este motor Diesel possui uma câmara de combustão de desenho otimizado, sobrealimentação e sistema de injeção de combustível. O Carregamento Regenerativo Inteligente melhora a economia de combustível ao acionar o alternador de forma selectiva e carregar a bateria quando o veículo se desloca em velocidade de cruzeiro, ou quando são accionados os travões. Ambos motores surgem associados a uma nova caixa manual de cinco velocidades de baixo atrito.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.