Para muitos fãs de automóveis, os Porsche são os carros desportivos ideais, quase perfeitos. E não vale a pena mexer na perfeição. Mas para outros entusiastas, bater a Porsche no seu próprio jogo é um desafio. Foi assim que surgiram muitas casas de tuning, apostando em fazer melhor que a própria marca da Estugarda. Uma dessas casas é a Gemballa, que propõe uma nova evolução do 911 Turbo, o Gemballa Avalanche.

A primeira geração do Gemballa Avalanche surgiu em 1985, na altura com 385 cv, quando o 911 Turbo só tinha 300. Atualmente, este cocktail exótico só estava disponível com a geração anterior do Porsche 911, o 997. Agora, o mesmo tratamento é finalmente aplicado à geração atual, conhecida pelos Porschistas como 991. O novo Avalanche vai ser revelado ao mundo dentro de poucos dias, no Salão de Genebra.

A Gemballa ainda não revelou muito sobre a sua nova criação, mas as primeiras imagens mostram que o preparador alemão não brinca quando procura expandir os limites da performance. O motor 3.8 turbo do 911 Turbo já debita 540 cv (580 no Turbo S), mas a Gemballa amplia este valor para uns explosivos 820 cv. Se o anterior Avalanche, com 671 cv, já só precisava 3,1 segundos para atingir os 100 km/h, o novo deve ser ainda mais rápido.

Além do Avalanche, a Gemballa também tem preparações especificações para o Panamera (Gemballa Mistrale) e Cayenne (Gemballa Tornado). Ainda estão disponíveis versões modificadas do Porsche Carrera GT (Mirage GT) e Ferrari FXX (MIG). De resto, o tuner alemão propõe as habituais modificações estéticas e técnicas para o 911, Cayenne e Panamera, bem como para o McLaren 12C e Mercedes SLR.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.