Honda leva Civic Type R a ‘jogo’ com tática de ataque

Pedro Junceiro
Pedro Junceiro
Editor Conteúdos

Que o novo Honda Civic Type R é uma máquina impressionante em termos dinâmicos já não restam muitas dúvidas. Mas a marca nipónica quer mesmo comprovar a eficácia deste seu modelo desportivo com motor 2.0 Turbo VTEC de 320 CV de potência e prepara uma ofensiva em diversos circuitos europeus com uma ‘equipa’ de autênticas estrelas (que ainda pode receber reforços…).

O plano é estabelecer novos recordes nesses traçados europeus em matéria de carros de tração dianteira. Para o conseguir, ‘escalou’ alguns pilotos de renome, numa ‘equipa’ à qual não falta o português Tiago Monteiro. O piloto do WTCR será um dos que estará ao volante do Civic Type R, mas confirmados estão também os pilotos Jenson Button, cuja experiência na competição é enorme, tendo competido na Fórmula 1 entre 2000 e 2016 com passagem por diversas formações, entre Williams, BAR Honda e McLaren.

Além de Monteiro, a Honda recorreu a outro piloto do WTCR, neste caso, Esteban Guerrieri (Argentina), juntando-se ainda o piloto do NSX Super GT Bertrand Baguette (Bélgica).

Em 2016, um desafio semelhante estabeleceu tempos de volta recordes em Silverstone, SpaFrancorchamps, Monza, Estoril e Hungaroring, com a anterior geração do Civic Type R. Os participantes no projeto eram pilotos do Campeonato Britânico de Carros de Turismo e do Campeonato Mundial de Carros de Turismo.

Para a edição de 2018, a Honda ambiciona ultrapassar os tempos obtidos em Silverstone (Reino Unido), Spa-Francorchamps (Bélgica) e Estoril (Portugal) em 2016, para além de outros circuitos ainda a anunciar.

O mais recente desportivo a ostentar o famoso emblema vermelho da Honda faz parte do programa de desenvolvimento da décima geração do Honda Civic – o maior na história da marca – e foi criado para proporcionar a experiência de condução mais recompensadora no segmento dos desportivos compactos, tanto em estrada como na pista. A sua estrutura de elevada rigidez, aliada ao baixo centro de gravidade e à suspensão dianteira reforçada de duplo eixo reduz o efeito do binário da direção e melhora o comportamento nas curvas “no limite” e a sensibilidade da direção.

O motor 2.0 VTEC Turbo do Civic Type R foi otimizado, com uma potência de 320cv às 6.500 rpm e 400 Nm de binário entre as 2.500 e as 4.500 rpm. O Novo Honda Civic Type R acelera dos 0 aos 100km/h em 5,7 segundos e atinge uma velocidade máxima de 272km/h. Em abril de 2017, o Novo Honda Civic Type R estabeleceu o recorde de um automóvel de tração dianteira no circuito de Nürburgring Nordschleife, ao completar uma volta em 7 minutos e 43,8 segundos.

A Honda irá apresentar o “Time Attack 2018 do Honda Civic Type R” no Salão de Genebra, de 8 a 18 de março.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.