Mercedes-Benz Classe A Sedan: Três volumes para outras andanças

Pedro Junceiro
Pedro Junceiro
Editor Conteúdos

Como se previa, o Salão de Pequim foi também o palco escolhido pela Mercedes-Benz para a revelação do seu novo Classe A sedan, neste caso com maior distância entre eixos, apelidando-se, por isso mesmo, L Sedan. A versão de distância entre eixos normal chegará aos mercados europeus, incluindo Portugal, no decorrer do último trimestre deste ano.

O modelo apresentado na China conta com uma distância entre eixos superior em 6 cm (2789 mm em vez dos 2729 mm do compacto de cinco portas) e um comprimento de 4609 mm, sendo desenvolvida exclusivamente para o mercado chinês pela Beijing Benz Automotive Co., Ltd (BBAC), uma parceria entre a Mercedes-Benz e a BAIC Motor.

O desenho desta berlina replica muito fielmente as linhas que já se puderam ver no Classe A de nova geração, com aplicação da filosofia a que a marca dá o nome de Pureza Sensual. De aspeto compacto e extremidades suspensas mais curtas, este Classe A Sedan proporciona também um maior visual desportivo, ao mesmo tempo oferecendo mais espaço para os passageiros, numa resposta às necessidades dos clientes chineses. A este respeito, existem opções de Sedan e Sport Sedan, com esta última a ter maiores protuberâncias no capot.

De perfil, as jantes que variam entre as 16 e as 19 polegadas enaltecem o visual desportivo, enquanto na traseira os farolins divididos acentuam a noção de largura, algo que a marca procurou refletir neste modelo de quatro portas. A bagageira tem uma capacidade de 420 litros. A pintura ‘rosa dourada’ é exclusiva para o mercado chinês.

Com esta nova interpretação de linguagem da marca, a aposta no interior é na tecnologia, tal como sucede no Classe A de cinco portas, com destaque para o sistema de infoentretenimento MBUX com recurso a funcionalidades avançadas de conectividade, como a de controlo por voz que, neste caso, foi trabalhada para entender os diferentes dialetos chineses.

No lançamento, este Classe A berlina em versão L (de distância longa entre eixos) terá um novo motor em alumínio de 1.33 litros com 134 CV e 161 CV (com desativação de cilindros), seguindo-se mais tarde um motor de dois litros com 188 CV de potência CONICSHAPE. A caixa de dupla embraiagem 7G-DCT vem de série nesta versão.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.