Novo VW Polo GTI com 200 cv chega ao mercado

Três letras ligadas desde sempre ao Grupo Volkswagen: GTI – Gran Turismo Injection. Chega agora ao mercado nacional um novo GTI: a nova geração do Polo GTI. O novo modelo, com uma potência de 200 cv e uma caixa DSG de 6 velocidades, acelera de 0 a 100 km/h em 6,7 segundos e atinge uma velocidade máxima de 237 km/h. O consumo médio de 5,9 l/100 km reflete a eficiência dos sistemas de condução e do motor.

O novo Polo GTI é mais um ponto alto da longa e rica história dos modelos GTI. Sentar-se atrás do volante, regular bancos desportivos e apertar o cinto de segurança: uma simbiose ergonómica feita à medida entre o homem e a máquina. O arranque do motor do novo Polo GTI é o ponto de partida para uma experiência de condução fantástica, pois os técnicos da Volkswagen transmitiram ao modelo um comportamento dinâmico que se reflete numa condução arrojada, mas com máxima segurança e elevados níveis de conforto. Essa aliança de dinamismo, segurança e conforto é o segredo por detrás do sucesso do conceito GTI e uma característica central do novo Polo GTI.

Principais características

motor com grande agilidade em quaisquer regimes de rotação, baixo peso em vazio (1355 kg) e baixa relação peso/potência (6,78 kg/cv); um chassis compacto e confortável com uma regulação desportiva e orientado para longos trajetos, uma tração dianteira que garante grande segurança e uma posição de condução otimizada num banco ergonómico. Tudo envolvido por um expressivo design interior e exterior que destaca as siglas clássicas GTI e ainda a típica faixa vermelha na grelha do radiador, o punho da alavanca de velocidades GTI e o lendário revestimento dos bancos em tecido axadrezado “Clark”. O interior destaca instrumentos completamente digitalizados e sistemas de infotainment com ecrã tátil de vidro. O Polo GTI de cinco portas é um acessível compacto desportivo de uma nova geração.

Motor 2.0 TSI de 200 cv

O novo Polo GTI está equipado com um motor 2.0 TSI de 200 cv, uma potência acrescida em 8 em relação ao bloco 1.8 TSI do modelo anterior. À semelhança do Golf GTI, o Polo GTI entra pela primeira vez na gama turbo de 2.0 litros. Este motor, com uma cilindrada de 1984 cm3, possui uma taxa de compressão de 11,65:1, e alcança a potência máxima entre as 4400 e as 6000 rpm. A apenas 1500 rpm, a terceira geração da série EA888 transfere o binário máximo de 320 Nm ao eixo dianteiro; este elevado valor mantém-se constante até um regime de 4400 rpm. O novo motor GTI estará disponível numa primeira fase com uma transmissão DSG de 6 velocidades, e futuramente com uma caixa manual de 6 velocidades.

Equipamento de série: personalização quase ilimitada

O novo Volkswagen Polo GTI oferece um equipamento de série com uma personalização quase ilimitada. Destaques para: jantes em liga leve de 17 polegadas Milton Keys, suspensão desportiva, sistema de navegação Discover Media, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, câmara traseira, ar condicionado Climatronic, inserções decorativas “Vermelho Velvet”, carregamento por indução e diferencial eletrónico XDS. O Active Info Display, suspensão Sport Select e jantes em liga leve de 18 polegadas Brescia fazem parte da lista de opcionais.

História GTI – do Polo GT até ao Polo GTI

Quatro décadas dinâmicas

O Polo alargou a oferta com a versão Gran Turismo – GT – há quatro décadas. Na fase inicial não incluía a letra “I” de “Injeção”. Mas a dinâmica desportiva sempre foi indissociável do ADN desta gama. A história das versões desportivas do Polo começou em 1979, com o primeiro GT. Esta versão de 60 cv era a mais potente da primeira geração do Polo, e já nessa altura exibia a lendária faixa vermelha na grelha do radiador. Em 1985, a Volkswagen apresentou uma nova versão do ícone GT, baseada no Polo da segunda geração. Para transferir os seus75 cv –potência elevada para um pequeno utilitário, há mais de 30 anos – de forma segura à estrada, a segunda geração do Polo GT era proposta com um chassis desportivo e repartição da travagem.

A sobrealimentação chega pela primeira vez em 1987

O potente Polo GT G40, de 1987, já oferecia 115 cv e atingia uma velocidade máxima de quase 200 km/h. Um dos destaques técnicos de propulsão era um “G-Lader”, um compressor em espiral desenvolvido pela Volkswagen, que desempenhava a função de um turbocompressor e, nessa altura, também equipava os modelos Golf e Corrado. Em 1991 foi desenvolvido um segundo G40, baseado na terceira geração do Polo. Já equipado com um catalisador, desenvolvia uma potência de 113 cv e atingia uma velocidade máxima de 196 km/h.

Primeiro Polo GTI foi estreado em 1998

O primeiro Polo GTI, desenvolvido com base na terceira geração do Polo, chegou ao mercado em 1998, com uma potência de 120 cv. Em 2006, o potente GTI de 150 cv, baseado na quarta geração do Polo, era equipado, pela primeira vez, com um motor sobrealimentado. Também a partir de 2006 é oferecida uma versão de 180 cv, o Polo GTI Cup Edition, derivada da versão de competição do ADAC Volkswagen Polo Cup. [Interlúdio: 2012 foi um dos anos mais emocionantes em relação às versões desportivas do Polo. Foi o ano de estreia do Polo BlueGT de 140 cv, com um eficiente motor de quatro cilindros que oferecia, pela primeira vez, a gestão ativa dos cilindros (ACT). Ainda em 2012, entrava em cena o Polo R WCR, limitado a 2500 unidades. O Polo mais potente até ao momento (220 cv) derivava diretamente da versão de competição que ganhou quatro títulos no Mundial de Ralis WRC até 2016.] De volta ao Polo GTI: em 2010, o GTI da quinta geração do Polo manteve os 180 cv, antes da potência aumentar para os 192 cv, em 2014. Agora, em 2017, o Polo GTI chegou à barreira simbólica dos 200 cv.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.