Volkswagen cria divisão dedicada aos veículos elétricos

Demonstrando a importância que tem a mobilidade elétrica nos planos futuros do gigante germânico, existe agora uma nova divisão, com um conselho de administração próprio, que está dedicada às motorizações sem impacto ambiental.

A promessa de ser líder na mobilidade elétrica em 2025 é um exigente objetivo anunciado pelo Grupo Volkswagen, e para chegar a essa meta o consórcio alemão está agora a “reorganizar as tropas”. Para tal foi criada uma nova divisão exclusivamente dedicada aos modelos de emissões 0 para a marca Volkswagen, designada e-Mobility, que terá Thomas Ulbrich à frente de um conselho de administração independente que entra em funções a 1 de fevereiro. Algo que também mostra bem como a chegada às linhas das fábricas é considerado um momento importante, pois este era o antigo responsável pelas áreas de Produção e Logística no Conselho de Administração da VW.

E este é precisamente o momento de acelerar o desenvolvimento destes veículos, pois a chegada do primeiro modelo 100% elétrico para a família ID da Volkswagen está marcada para 2020. Este será um veículo compacto, que estreia a nova plataforma MEB (dedicada a viaturas de emissões 0 e que será depois partilhada com a Skoda, a Audi e a Seat) e terá preços similares a um Golf com motor diesel, o que revela bem a tendência atual para a mudança nas motorizações. Nesse mesmo ano chegará também o primeiro SUV ID e a gama será expandida depois para um total de cinco propostas. Para suceder o novo responsável pela divisão e-Mobility no Conselho de Administração da VW foi nomeado Andreas Tostman, que era cargo de Vice-Presidente de Produção da Seat.