Foi em 2015 que a operadora Norled colocou em atividade o Ampere, o seu primeiro ferry-boat com motor elétrico, que faz viagens pelos fiordes da Noruega, e desde então tem sido surpreendida pela positiva pelos resultados, já que os custos de operação são muito mais baixos do que a transportadora estava à espera.

De acordo com os resultados apresentados na cimeira Nordic EV, o Ampere tem emissões poluentes reduzidas em 95 por cento em comparação com as outras embarcações movidas a fuel, enquanto os custos operativos caíram em 80 por cento. O projeto foi feito em conjunto com a construtora naval Fjellstrand, a produtora do sistema de propulsão elétrico Siemens e a Corvus Energy, que forneceu a bateria de 1 MWh.

Depois do sucesso do Ampere, já está outro ferry-boat elétrico em atividade, o Elektra fornecido à finlandesa FinFerries, e a Fjellstrand também anunciou que já tem encomendas para mais 53 embarcações do género.