Enquanto os automóveis, mesmo os de luxo, estão a passar por um processo regular de hibridização e eletrificação, outros tipos de veículos estão mais atrasados no desenvolvimento desta tecnologia. As embarcações são uma área onde esta tecnologia ainda tem que se expandir, o que é um problema quando muitos navios têm ciclos de vida de várias décadas antes de serem abatidos. Mas os iates de recreio estão a tentar marcar a diferença.

Ao contrário da maioria das embarcações, que cumprem funções como transporte de mercadorias, pesca ou defesa militar, os iates são usados primariamente como barcos de recreio. Um iate grande é um símbolo de estatuto social, mas também consome quantidades impressionantes de combustíveis. Alguns construtores começaram a dar mais importância a esta área e adotaram motores elétricos para suplementar a força dos motores convencionais. Geralmente isto significa que conseguem operar durante algumas horas, a baixas velocidades, só com potência elétrica.

Alguns dos modelos híbridos de iates de luxo que já estão no mercado são o Dynamiq GT 115, criado pela Porsche Design, o Rossinavi Aurea, criado pela Pininfarina, e o Sinot Nature. Pode ver exemplos destes três modelos na galeria acima. O Heesen Home será o próximo modelo de género.

 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.