O Gerald R. Ford, primeiro de uma nova família de porta-aviões da Marinha Americana, entrou finalmente ao serviço. Com a identificação oficial CVN 78, o Gerald R Ford foi batizado com o nome do 38º presidente dos Estados Unidos, que também serviu na Marinha de Guerra durante a Segunda Guerra Mundial, tendo ascendido ao posto de capitão-tenente.

Já tínhamos revelado os pormenores do Gerald R Ford antes, que é considerado o maior porta-aviões do mundo (tem 337 metros de comprimento e uma tonelagem de 90 mil toneladas). O navio comandado por Richard McCormack custou quase 13 mil milhões de dólares (12 mil milhões de euros) a ser desenvolvido.

Em breve este navio de guerra vai ter “irmãos”. Como primeiro de uma nova família, o nome do Gerald R. Ford também vai ser usado para a nova classe de porta-aviões da Marinha Americana, que se prevê ter 10 navios. O segundo já está em construção e vai ser batizado John F Kennedy, e que deve entrar ao serviço em 2020. O terceiro ressuscita o nome tradicional Enterprises, e será o nono navio a usar o nome.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.