As incríveis oficinas dos mestres artesãos de Maranello

Todos os dias, uma pequena cidade no norte de Itália é abalada pelo barulho de veículos recém-testados que chega directamente de uma fábrica: a da Ferrari. Tal não faz com que a maior parte das pessoas de Maranello deixe de olhar com manifesto agrado para a construtora de automóveis mais famosa do mundo. É o que por ali se sente em todos os cantos: bandeiras em lugares como restaurantes, cabeleireiros, hotéis e até mesmo talhos dão-nos conta de que estamos no capitólio mundial da Ferrari.

Num raio de cerca de 25 quilómetros à volta da cidade, existem dezenas de lojas peritas na arte do restauro e em tomar bem conta das viaturas criadas nesta área “sagrada” (Maserati, De Tomaso, Lamborghini).

Um dos sítios a visitar quando se está em Maranello é a oficina “Scuderia Toni”, um negócio de cariz familiar. Esta pequena e modesta loja encontra-se, invariavelmente, repleta de belos clássicos. O fundador deste espaço – Toni Franco – trabalhou no departamento de corridas da Ferrari nos anos 50.

Por seu turno, Signore Franco Barchelli é proprietário da “Carrozzeria Autosport”, localizada 25 quilómetros a norte de Maranello, em Bastiglia. Ex-funcionário da Ferrari, Franco Barchelli partiu para este negócio em 1976. As paredes desta oficina encontram-se cobertas de cartas de agradecimento de clientes altamente satisfeitos.

O lugar mais nobre da região será, no entanto, a oficina de Egidio Brandoli. Situada a dez quilómetros a sul de Modena, a “Carrozeria Brandoli” não é um estabelecimento de grandes dimensões, mas é muito acolhedor e recheado de exímios produtos. Ver Brandoli a trabalhar em painéis de metal faz apreciar sem questionar o talento envolvido no fabrico de carroçaria.

Todos sabem que Maranello é famosa pela Ferrari. Mas há muito mais para lá disso. Sinta o espírito do lugar e converse com os locais. Atrás de cada automóvel há uma narrativa – uma óptima história italiana, neste caso.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.