A Tesla tem vindo a atrair críticas negativas pelos atrasos no fabrico de alguns dos seus automóveis, mas continua a impressionar com os seus projetos no setor da energia. Neste caso, a empresa americana revelou na conferência do relatório de contas do primeiro trimestre que tem planos para fazer outra vez a maior bateria do mundo, com uma capacidade de 1 GWh.

Elon Musk está bastante contente com o sucesso financeiro da sua bateria no Sul da Austrália, uma área onde é frequente a falta de energia e a densidade populacional é reduzida, deixando os habitantes isolados uns dos outros. No entanto, a bateria, com 129 MWh de capacidade, conseguiu recuperar um milhão de dólares em investimento logo nos primeiros dias, depois de ser ativada em janeiro, e ajudou a reduzir o preço local da energia.

Ainda não se sabe onde esta bateria vai ser instalada, mas existe a possibilidade de ser uma atualização do projeto previsto para o Colorado, nos Estados Unidos, originalmente pensado para 300 MWh. Isto já seria o suficiente para ser a maior bateria deste género do mundo, mas a Tesla poderá ter que reagir a propostas da concorrência com capacidade de armazenamento superior.