O que têm em comum uma estância criada por nazis para os trabalhadores alemães com menos recursos, uma cidade criada de raiz para os trabalhadores da cidade de Chernobyl e uma base aérea subterrânea que foi a mais cara da Europa? Teoricamente, nada, mas o fio condutor destas três infraestruturas é o seu abandono e, nalguns casos, uma aura de ‘fruto proibido’ criada pela inacessibilidade de muitos desses espaços.

Estas e outras infraestruturas são o tema central da nova série do canal Discovery Channel, no qual são oferecidos relatos históricos destas obras ambiciosas que, no presente, são apenas imagens fantasmagóricas do que seria suposto. Um bom exemplo está na cidade de Prora, a qual albergou durante o regime nazi um complexo de férias para trabalhadores alemães com poucos recursos, assumindo-se como uma das maiores construções na Europa, na época.

Situado junto à praia, o resort transformou-se no destino favorito para muitas pessoas. O que à primeira vista poderia parecer um refúgio de férias, foi depois revelado como uma das ferramentas de propaganda mais poderosas do regime nazi. Com horários estritos, atividades constantes, um cinema, uma piscina e um cabaret, todos os hóspedes eram obrigados a comer juntos e eram submetidos constantemente à propaganda nazi, convertendo-os naquilo que o regime mais queria: seguidores da doutrina que não questionariam nunca o nazismo.

Mas a vida neste “oásis” mudaria depois da guerra. Os russos converteram Prora numa prisão e depois da queda do Muro de Berlim, foi abandonado. Recentemente foi recuperado para apartamentos de luxo e em breve deverá receber um hotel de cinco estrelas.

Outro dos casos mais esmagadores é o da cidade ucraniana de Pripyat. Criada para albergar os trabalhadores da central nuclear de Chernobyl, em poucos anos contava com 50 mil habitantes. Um sonho da União Soviética que acabou por se transformar em pesadelo a 26 de abril de 1986. Nesse dia, o quarto reator da central sofreu uma explosão e Pripyat, a apenas três quilómetros do epicentro da explosão, ficou arrasada pela radiação. A evacuação da cidade demorou 48 horas, mas durante esse tempo, milhares de pessoas acabariam por ficar doentes e morrer devido à radiação.

Hoje em dia o local é uma atração para turistas, que não hesitam em passar diversos controlos policiais e militares para verem com os seus próprios olhos a paisagem desoladora de uma cidade invadida pelo bosque e cuja praça central se transformou num ícone daquilo que outrora foi considerado um grande triunfo do socialismo.

A série ‘Engenharia Abandonada’ estreou no dia 22 no Discovery Channel e ao longo das próximas semanas irá mostrar ilhas que chegaram a ser das mais populosas do mundo, bases aéreas subterrâneas, pontes que nunca foram terminadas, estradas que não chegam a lado nenhum e alguns dos projetos de engenharia que há anos figuravam entre as mais incríveis criações do mundo e que agora se encontram abandonadas e em ruínas.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.