Há muitos anos que os espetáculos dos intervalos do Super Bowl, a final do campeonato de futebol americano, geram tanto ou mais interesse que o jogo em si. Isso inclui os anúncios publicitários, pelo que, com milhões de olhos postos no jogo, tornam o espetáculo apetecível para muitas marcas. E os automóveis não são exceção.

O número de marcas com presença nos anúncios do Super Bowl desceu este ano, mas isso não quer dizer que os construtores automóveis não se tenham esmerado. A Kia resolveu publicitar o seu novo modelo desportivo, o Stinger, colocando o vocalista dos Aerosmith, Steven Tyler, e o ex-campeão de Fórmula 1, Emerson Fittipaldi, ao volante do carro. A Hyundai resolveu fazer uma brincadeira com “futebol americano é melhor que futebol europeu”, e tem um segundo anúncio a revelar.

A Toyota avançou com três anúncios a promover a sua ligação aos Jogos Olímpicos e tecnologias de mobilidade, enquanto a sua subsidiária Lexus aproveitou a ligação ao novo filme da Marvel, “Pantera Negra”. A Fiat Chrysler foi o último construtor a entrar, prometendo colocar cinco anúncios de última hora, tendo até agora apenas revelado um, para a nova geração da pick-up Ram 1500 e uma ligação ao meio rural e à música country.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.