A vida de Ayrton Senna revelou-se inspiradora o suficiente para muitas pessoas quererem contar a história da sua vida, mesmo muitos anos depois da sua morte, o GP de San Marino de Fórmula 1, em 1994. Depois da banda desenhada (com a revista infantil Senninha) e do cinema (com o filme documental Senna), o campeão brasileiro passou agora para os palcos, com a peça teatral Ayrton Senna: O Musical, que está em exibição no Brasil.

O musical não pretende ser uma biografia de Ayrton. Em vez disso, a ideia é mostrar ao público o espírito e a determinação do piloto, que é representado no palco pelo ator Hugo Bonemer. O elenco conta com 24 artistas, incluindo Leonardo Senna, irmão mais novo de Ayrton, que interpreta o papel do pai Milton.

A peça estreou no fim de semana do Grande Prémio do Brasil e não está em cartaz em São Paulo, a terra natal de Ayrton, mas sim no teatro Riachuelo, no Rio de Janeiro, onde ficará até fevereiro. O musical conta com o apoio da família Senna da Silva, que resolveu autorizar o uso da peça depois de ouvir a primeira música escrita pelos autores da peça.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.